sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Me dá uma coca-light!

Uma vez eu tava num churrasco comemorando o aniversário de um brother com um galerão de amigos. Tinham todas aquelas cenas bem típicas: música, roda de amigo, muita carne… enfim, tava muito bom!

Eu tava numa mesa bem grande com vários amigos e, no meio da gente, tinha uma pré-adolescente, que com muito amor chamarei de Mafrilânlia.

Ela era uma típica garota obesa (nada contra as pessoas avantajadas horizontalmente…). Enquanto a gente conversava, se divertia, contava piadas, Mafrilânia estava lá com um mega hiper prato na frente, uma coxa de galinha numa das mãos, um pedaço de picanha bem gordurosa na outra e boca toda suja de tanta carne que ela já tinha triturado.

De repente, uma pessoa pergunta pra Mafrilânia se ela queria beber alguma coisa. Prontamente ela responde:

- Me dá uma coca-light!

A pergunta de todos na mesa foi automática:

- Por que uma coca-light?

- Estou fazendo regime. - respondeu ela.

Uma coca-light não vai adiantar de nada pra ela! Pode até mesmo piorar a situação, né mesmo?! E você, acha que ter uma rotina de só ir domingo pra igreja depois de uma semana se deliciando com o pecado adianta de alguma coisa?

Mafrilânia precisa, na verdade, se livrar da carne e das coisas gordurosas se ela quiser, realmente, ter uma vida mais saudável. O mesmo acontece com a nossa vida espiritual. A Bíblia fala em Tiago 1: 21 a 25:

"Portanto, livrem-se de toda impureza moral e da maldade que prevalece, e aceitem humildemente a palavra implantada em vocês, a qual é poderosa para salvá-los. Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos. Aquele que ouve a palavra, mas não a põe em prática, é semelhante a um homem que olha a sua face num espelho e, depois de olhar para si mesmo, sai e logo esquece a sua aparência. Mas o homem que observa atentamente a lei perfeita que traz a liberdade, e persevera na prática dessa lei, não esquecendo o que ouviu mas praticando-o, será feliz naquilo que fizer."

Não seja igual a Mafrilânia, siga a risca essa dieta espiritual, crescendo em conhecimento e intimidade com o nosso Deus.

Abraços!

2 comentários:

Ponês disse...

Verdade!!!
Eu estava em uma dieta, sem restrições. Não resolveu nada...
Começar uma dieta radical!!!

Junelma disse...

Parecia muito comigo sua descrição Tiu Kebi, mas quando você falou que ela pediu coca light... Definitivamente não sou eu. 
Gostei da comparação... realmente quantas pessoas fazem isso (ir aos domingos a igreja) só pra tirar o peso da consciência? O mesmo vale para aquelas dietas de segunda a sexta e quando chega sábado e domingo ‘pisa o pé na jaca’.

Tenho lido sempre seus posts, mas nem sempre tenho podido respondê-los.
Abraços...