segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Deus me aceita como sou

É impressionante como a gente consegue ouvir cada história estranha ou até mesmo absurda dentro de algumas igrejas. Sendo sincero, tem algumas que dá até vontade de rir de tão ridículas que são.

Certa vez eu ouvi uma pessoa que foi dar testemunho de livramento que Deus deu para ela num assalto. Nessa hora minha mente criativa começou a entrar em ação! Quem me conhece sabe que nessas horas eu "viajo" e penso em loucuras típicas de grandes filmes de ação, daqueles bem mentirosos mesmo!

Mas parei um pouco de "viajar" pra continuar prestando atenção no testemunho que podia edificar minha vida. Essa pessoa começou a falar que no meio do assalto parou pra fazer uma oração e entregar aquela situação nada confortável nas mãos de Deus. Foi aí que essa pessoa começou a "sentir o Espírito Santo encher a vida dela e quando viu que já estava cheio do poder do Espírito Santo… deu um soco na cara do assaltante!"

Até a parte do "cheio do poder do Espírito Santo" tava indo muito bem! Na hora eu pensei que se essa pessoa tava realmente cheia do poder do E.S., então não quero nem imaginar como ficou a cara do assaltante… é melhor eu nem parar pensar nisso! Mas o interessante é que essa pessoa se orgulhava pra caramba de ter usado a violência para expulsar o ladrão!

1ª Coríntios 5: 1 e 2 diz:

- Por toda parte se ouve que há imoralidade entre vocês, imoralidade que não ocorre nem entre os pagãos (…). E vocês estão orgulhosos! Não deviam, porém, estar cheios de tristeza?

Muitas vezes encontramos pessoas dentro da própria igreja que estão orgulhosas dos seus pecados. Enchem a boca pra falar desses pecados! É verdade! Acredite, isso acontece!!! Essas pessoas usam frases clássicas e até mesmo versículos bíblicos para justificarem os seus pecados. É normal ouvirmos:

- Deus sabe que "a carne é fraca"!
- Tem gente pior do que eu!
- Ainda bem que Deus é misericordioso, né irmão?!
- Deus me aceita como sou!

E assim por diante!

Deus realmente é misericordioso, Ele realmente sabe que a nossa carne é fraca, mas e quanto a nossa parte? Fica aonde? Jogamos a responsabilidade do perdão para Deus e tiramos de nós a tarefa de andar com integridade diante dEle.

Pense um pouquinho: qual é aquele pecado que você leva junto de você e que muitas vezes você o encara como sendo algo "normal" na sua caminhada cristã? Me perdoe, mas tenho que dizer que essas coisas não podem ser normais na sua vida!

Fica a dica:

- Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês! Pecadores, limpem as mãos, e vocês, que têm a mente dividida, purifiquem o coração. (Tiago 4:8)

Abraços!

Um comentário:

Lilian disse...

Muito bom! =)