quarta-feira, 25 de maio de 2011

Doix pastéix e duax cocax

Uma vez eu fui no Estádio de Pituaçú ver um jogo do Baêa com uns amigos e, como a gente chegou cedo lá e eu tava com fome, aproveitei pra ir logo na lanchonete comprar um lanche pra mim e pra um dos meus amigos.

Quando chegou a minha ver de fazer o pedido, nem demorei muito fui logo dizendo o que queria:

- Me dá dois pastéis e duas cocas.

Mas quem me conhece sabe que, como bom carioca, na verdade eu falei:

- Me dá doix pastéix e duax cocax. - com todos os "x" possíveis!

O interessante é que o cara do caixa ao invés de me dizer quanto ficaria o meu pedido, ele foi logo me fazendo a seguinte pergunta:

- Você torce pra que time lá no Rio?

Só de ouvir o meu sotaque ficou fácil pro cara perceber que não sou daqui da Bahia mas que sou natural do Rio de Janeiro, a Cidade Maravilhosa!

O que me impressiona é que, em Mateus 7:20, a Bíblia diz o seguinte:

- Pelos seus frutos vocês os reconhecerão!

Não sou muito a favor de que devemos ser reconhecidos pelo nosso exterior, mas pelas coisas que fazemos, pelo tipo de conversas que temos, pelas nossas ações e reações no dia a dia, mesmo em situações bem difíceis e conflitantes. Manter um diálogo sadio e um bom comportamento dentro da igreja é a coisa mais fácil do mundo (ou pelo menos deveria ser).

Mas muitas vezes esquecemos que não fomos chamados para sermos luz dentro de um lugar iluminado, não fomos chamados para fazermos diferença onde não é necessário (ou não deveria ser), que é a igreja. Fomos chamados para fazermos diferença onde a conversa é a mais impura possível, onde o pecado está a flor da pele, onde a escuridão está 100% presente.

Já ouvi muitos dizerem que não tem como não se contaminar nesses lugares porque os colegas de trabalho ou de colégio ou faculdade só falam baixaria. Eles não tem outro assunto a não ser esse. Mas você esperava o que? Que eles falassem de experiências que tiveram com o Espírito Santo, das coisas maravilhosas que Deus tem feito na vida deles, que a Bíblia é o melhor livro do mundo? Quem deveria falar isso era você e não eles!

Mas existe uma forma fácil de eles poderem ouvir e ver as boas novas do evangelho em prática. Sabe que forma é essa? Você! Isso mesmo! Você é a forma que Deus escolheu para iluminar o ambiente escuro que você anda! Você é a melhor estratégia de Deus.

Mas cuidado com o alerta que está escrito no versículo anterior:

- Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo.

Cuidado pra você não ser essa árvore!

Abraços!

Um comentário:

Fábio Eça disse...

É isso mesmo! Muitas vezes até com o silêncio nós convencemos muito mais do que com mil versículos. Não raro costumamos ouvir: -"Você é crente, né?" -"Sim, como você sabe?" -"Sei lá, você tem um jeito diferente". Porque hoje em dia não é o que falamos, mas sim o que somos que faz a diferença.