segunda-feira, 23 de abril de 2012

Minha alegria era maior do que qualquer coisa


Eu me lembro que quando eu era adolescente, fui no Maracanã ver um jogo do Flamengo com alguns amigos. Era um clássico do campeonato carioca, Fla-Flu.

E Maracanã lotado, pelo menos naquela época, era sinônimo de empurra-empurra na entrada do estádio, um trabalho gigante pra encontrar um bom lugar para sentar, dentre outros desconfortos. 

Nesse tempo não tinham cadeiras na arquibancada. A gente sentava no degrau de concreto mesmo. Pior mesmo era ir no banheiro! Quem já foi em banheiro de estádio sabe muito bem o que eu tô falando. Era muito horrível. 

Mas e daí? O que importava era que eu estava ali, no Maraca, vendo o meu Mengão jogar e ganhar do Fluminense de 3x1! Foram 90 minutos, mais 15 de intervalo, que eu nem lembrava se tava bem acomodado ou não. Minha alegria era maior do que qualquer coisa ali naquele momento. 

Tenho visto e observado pessoas hoje em dia que estão numa "zona de desconforto" tão grande na sua vida, em várias áreas, e que a reação delas frente a esses problemas é de ficarem muito mais tempo olhando para o desconforto do local onde estão sentadas na sua vida pessoal, percebendo o mau cheiro do banheiro na área profissional, incomodadas com o empurra-empurra da vida familiar e não conseguem parar um minuto sequer para vibrar com a alegria da maravilhosa Graça e Misericórdia de Cristo em suas vidas!

Jesus falou o seguinte: "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo!" (João 16:33)

Acho maravilhoso quando Jesus fala isso, porque Ele não esconde que vamos passar pela "zona de desconforto", mas, ao mesmo tempo, Ele chega com uma mensagem maravilhosa: "contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo!"

Oro para que você, agora mesmo, consiga parar pelo menos um tempinho, mesmo que seja apenas um minuto, e contemple a bela partida do amor de Cristo sendo derramado por você! Faça isso!

Abraços!