quarta-feira, 5 de março de 2014

E agora?

Sei que não sou o único, mas eu tenho amigos que concluíram o ensino superior numa determinada área e hoje trabalham em áreas completamente diferentes da sua formação. Algumas pessoas se formaram em humanas e hoje trabalha em exatas e vice-versa. Passaram 4, 5 ou mais anos estudando e aprendendo tudo de uma área profissional e na hora de colocar em prática, por vários motivos, optaram por não seguir a carreira que se dedicaram neste período. 

Já vi trabalhos excelentes destas pessoas durante esses anos letivos. Idéias e propostas de execuções de tirar o chapéu. Perfeitas! Mas que hoje esses conhecimentos não são mais utilizados. Uns abriram mão do curso assim que acabou a formatura. Outros procuraram empregos na área e não encontraram. Alguns até encontraram emprego e ficaram algum tempo na área, mas depois abandonaram de vez. Mas existem outros tantos que continuam firmes e estão colocando em prática tudo o que aprenderam na teoria.

Esse período pós-carnaval sempre vêm à tona uma pergunta: "acabou o retiro. E agora?"

Os retiros são períodos excelentes para termos experiências incríveis com Deus, para ouvirmos como devemos e como não devemos fazer. O nível de comunhão chega ao limite máximo. Em muitos retiros, os temas abordados em palestras, fóruns e/ou dinâmica de grupo mostram como a igreja deve avançar, como fazer missões, como ajudar ao próximo, como ser luz do mundo e sal da terra.

Mas... e agora? Como colocar em prática tudo o que foi ouvido? Como ser fiel a todos os votos que foram feitos durante o retiro? Infelizmente, muitos abandonam a teoria já no primeiro dia pós-retiro. Outros conservam essa "chama" até os famosos "Encontrão do Retiro". Outros até se juntam, se programam e... param por aí! Graças a Deus, encontramos tantos outros que, com retiro ou sem retiro, já arregaçaram as mangas e sabem qual é a sua missão nessa terra.

Jesus disse algo sobre os que praticam e os que não praticam tudo o que foi ouvido. Tá escrito em Mateus 7:24-27:

"Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. 
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda." 

Escreva tudo o que você aprendeu, se possível, de forma resumida. Coloque num papel as suas metas e desafios. E... VAMOS PRA PRÁTICA! Agora chegou a melhor hora! Não abandone o que você aprendeu. Não edifique toda essa maravilhosa teoria em cima de uma banco de areia.

Trabalho não falta! Mãos à obra!