terça-feira, 18 de outubro de 2011

Tempo de qualidade

O post hoje vai ser um pouco diferente do normal.

Uma vez eu li e fiz um estudo de um livro que eu aconselho a, principalmente, casais a lerem. Apesar de ele também ser bom para outros tipos de relacionamentos, como amizade, por exemplo. O nome do livro é: As cinco linguagens do amor. Você já leu esse livro? Se sim, creio que você também indica a leitura dele.

Ele cita 5 linguagens de amor presente na vida de qualquer pessoa, que são as seguintes: toque, presente, palavra de afirmação, serviço e tempo de qualidade.

Queria me prender a este último.

Pessoas que tem essa linguagem mais evidente, precisam, dentre outras coisas, que a pessoa com quem ela mantém algum tipo de relacionamento tenha bons e agradáveis momentos com ela. Não basta ser apenas um tempinho qualquer. Tem que ser com qualidade. Com atenção, carinho, despreendimento de outras coisas, enfim, precisa estar presente mesmo. E com qualidade.

O salmista no salmo 84 buscava ter esses momentos com Deus quando ele diz: "quão amáveis são os teus tabernáculos, Senhor dos exércitos!" E mais a frente ele diz: "preferiria estar à porta da casa do meu Deus a habitar na tenda da impiedade!" (Versículos 1 e 10)

Ele sabia o quanto é bom estar na presença de Deus, desfrutando momentos de intimidade, comunhão,  relacionamento profundo, ...

Sabemos que Deus é onipresente. Agora mesmo Ele está aqui comigo e está aí com você também e assim será pra todo sempre. Mas mesmo assim, ignoramos essa presença e optamos por não ter tempo de qualidade com Ele.

Ao contrário do salmista, temos preferido habitar na tenda da impiedade, a estar à porta da casa do nosso Deus.

Repare no seguinte: os valores que tem tomado conta do modo de você pensar, agir e planejar sua vida são valores de quem está à porta da casa de Deus ou de quem habita na tenda da impiedade? Nesses últimos 7 dias dias, quantas foram as vezes que você pensou na sua carreira profissional, em como ganhar mais dinheiro, nos estudos e nas outras coisas dessa vida e quantas foram as vezes que você pensou em como ser um amigo mais fiel, um(a) esposo(a) melhor, um(a) filho(a) mais atencioso(a), uma pessoa livre de vícios deste mundo? E mais: quantas vezes, nesses últimos 7 dias, você pensou em como alcançar vidas pra Cristo? E quantas vezes você parou tudo e simplesmente adorou a esse Deus a quem você tanto diz que ama? Pensando somente nEle e não naquilo que Ele pode fazer e que você quer que Ele faça na sua vida.

Está percebendo que falta em nós tempo de qualidade com Deus? Estamos tendo tempo de qualidade com este mundo e com as coisas desta vida aqui, mas não com Deus!

Te convido agora mesmo a parar por um minuto, fechar os seus olhos e falar pra Deus:

- Pai, me perdoa! Me ajude a ter mais tempo de qualidade com o Senhor! Longe das preocupações desta vida. Me ajude a pensar nas coisas que são do alto e não nas coisas terrenas! Por favor, me ajude! Em nome de Jesus, amém!

Desfrute da presença de Deus e tenha excelentes momentos com Deus. E que sejam com qualidade!
Abraços!

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

E foi exatamente isso que aconteceu!

Ano passado eu tava numa programação da igreja aqui em Lauro de Freitas, quando surgiu uma necessidade de ir para Salvador urgente e o mais rápido possível. Tinha pouquíssimo tempo para conseguir chegar em Salvador. Para piorar, chovia bastante naquele dia.

Na mesma hora um amigo, que viu a urgência da situação, nem pensou duas vezes em entregar a chave do carro dele pra mim sem questionar muito. Ele ainda disse que, quando eu saísse do lugar para onde eu iria, era pra ligar pra ele, mas que provavelmente ele estaria em casa dormindo.

E foi exatamente isso que aconteceu! Quando liguei, ele já estava dormindo. Confiou que eu cuidaria bem do carro dele e descansou.

Quando a Bíblia fala: "entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará" (Sl 37:5), na verdade, o recado para nós sobre o que devemos fazer é exatamente o que meu amigo fez quando deixou o carro dele sob os meus cuidados: descansar!

Quantas vezes "entregamos" determinadas áreas da nossa vida nas mãos de Deus e ficamos dando vários palpites, fazemos o contrário do que ele nos pede pra fazermos, perdemos o sono, o humor, a paz… enfim, fica mais do que evidente que, na verdade, nós não entregamos nosso caminho nas mãos dEle! Ou então não confiamos o suficiente para descansarmos!

É por isso que a Bíblia diz no Salmo 127:2: "Aos seus amados Ele dá enquanto dormem"! Você consegue dormir quando está muito preocupado com alguma coisa? Provavelmente não! Um bom sono e um bom descanso, são características de falta de preocupações excessivas.

Tem alguma coisa hoje tirando o seu sono, a sua paz? "Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nEle, e Ele tudo fará"! Você vai conseguir ver que não existe nada melhor do que confiar 100% em Deus!!

Abraços!!!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Eles não estavam preparados

Eu já fui em festas de tudo quanto é tipo. Das que são verdadeiros mega eventos, até as mais simples possíveis. Não tenho problema nenhum em transitar tanto em uma quanto em outra. Mas o que acho estranho são aquelas festas onde a proposta é ser um evento, mas que quando você começa a reparar os detalhes, percebe que as pessoas não providenciaram coisas básicas, como talher, copo e até a vela do bolo. Já fui em algumas que as pessoas tiveram que sair no meio da festa pra tentar encontrar um lugar aberto pra comprar bebida!

Com Jesus já aconteceu o mesmo. Vocês sabem, né? João 2: 1 a 11 conta essa história. Lá estava Jesus com seus discípulos e, de repente, surge a notícia: acabou o vinho! As pessoas chegaram pra festa e, se não fosse Jesus, iriam embora antes da hora porque eles não estavam preparados para receber os convidados devidamente!

Fico preocupado com as pessoas que entram em nossas igrejas procurando consolo, amor, acolhimento, união, paz e não encontram nada disso. Mas não encontram exatamente porque nós transformamos a casa de Deus em nossa própria casa, com nossas regras, com nossas manias e tudo funcionando da nossa forma.

É desse jeito que estamos nos preparando para receber as pessoas que reconhecem Jesus como único Salvador em nossas atividades evangelísticas?

Romanos 12: 9 ao 21 narra uma seqüência de atitudes que deveriam ser comuns nas "nossas igrejas":

- O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor; Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; Comunicai com os santos nas suas necessidades, segui a hospitalidade; Abençoai aos que vos perseguem, abençoai, e não amaldiçoeis. Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram; Sede unânimes entre vós; não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios em vós mesmos; A ninguém torneis mal por mal; procurai as coisas honestas, perante todos os homens. Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens. Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor. Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça. Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.

Poderia perguntar se você encontra isso nas igrejas que você freqüenta ou visita. Poderia fazer isso sim! Sem dúvidas! Sei que provavelmente você já está até mesmo respondendo essa pergunta. Não é mesmo? Só que eu prefiro perguntar o seguinte:

- Será que este texto de Romanos tem sido um retrato da sua vida? Você tem cumprido o que diz ali, item por item?

De que adianta ficarmos aqui criticando as igrejas se nós ainda somos templo de qualquer outra coisa, menos do Espírito Santo? Vivemos a nossa vida conforme as nossas regras, com nossas manias e tudo funcionando da nossa forma.

O que você tem pra oferecer?

Abraços!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Sou brasileiro e não desisto nunca!

Um tempo atrás teve uma campanha publicitária que elevava o "jeito brasileiro de ser". Essa campanha utilizava grande personalidades que passaram por situações difíceis, mas que, com muito esforço, deram a volta por cima. O tema da campanha era: Sou brasileiro e não desisto nunca! Vocês se lembram, né? Colé, eu não sou tão velho assim! Haha!!!

Uma das personalidades usadas na campanha foi o jogador Ronaldo. Depois de várias contusões e cirurgias complicadas, ele deu a volta por cima, jogou a Copa do Mundo de 2002 e ainda ajudou a Seleção Brasileira a ser campeã. Mostrou que valeu a pena todo o esforço dele!

Quando a Bíblia começa a narrar a história de Josué, mostra que ele estava passando por um momento difícil, que era a perda de um dos maiores líderes já existentes: Moisés!

Logo no início do livro diz: "Moisés, meu servo, é morto!" (Josué 1:2). Já começa com uma notícia que faria muitos ficarem sem saber o que fazer! Pra completar, a missão que Josué recebeu de Deus também não era nada fácil: guiar o povo sendo o substituto de Moisés! Sentiu o drama?

Mas logo abaixo, Deus pede uma coisa pra Josué que, creio ser um dos fatores determinantes pra bem sucedida missão de Josué: "Esforça-te, e tem bom ânimo!" (vers. 6).

É comum encontrarmos pessoas que quando passam por algum tipo de problema, seja grande ou pequeno, a primeira coisa que vem na cabeça delas é: vou desistir! Já era!

Josué tinha tudo pra desistir! Não é a toa que Deus falou isso 3 vezes pra ele ainda no primeiro capítulo (vers. 6, 7 e 9). Imagino o quanto deveria ser difícil pra Josué erguer a cabeça, enxugar as lágrimas, recobrar o ânimo e guiar o povo!

Você tem passado por momentos de dificuldades na sua vida? Tá difícil enxergar o que vem pela frente? O versículo 9 traz um recado mais completo pra você:

- Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.

Mas do que brasileiro, como cristão diga: Não desisto nunca!

Abraços!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Uma prova de amor

Esses dias um grande amigo (na verdade, nem tão grande assim. Hahah!) fez algo para comemorar o aniversário de namoro que, inevitavelmente, foi o principal assunto nos últimos dias entre nossos amigos em comum.

Ele queria mostrar o quanto ele ama sua namorada, mas foi além da conta! Ele escolheu fazer um jantar mais do que especial para ela. Ele mesmo foi para a cozinha preparar, entre outras coisas, uma lagosta, que só de olhar já tava dando água na boca!

E pra que todo mundo ficasse sabendo o quanto esse "evento" era super importante, ele ainda colocou um vídeo no Youtube com declarações de amor e dando um ar de suspense de como seria a comemoração, à noite, no jantar.

Ele podia muito bem ter levado ela num mega restaurante, com todos aqueles itens de luxo que não deixaria de ser um jantar super romântico. Eu tenho certeza que ela iria amar! Mas o que vocês acham que ela amaria mais? Um jantar num mega restaurante ou um jantar romântico preparado especialmente e com todo amor pelo próprio namorado? Alguém tem dúvida??? Podem perguntar pra ela! Tenho certeza disso!

Fico pensando… Deus podia muito bem criar um mega homem para morrer por nós, que não deixaria de ser uma super demonstração de amor. Mas nada se compara a maior de todas as provas de amor da história da humanidade:

"Deus amou o mundo de TAL MANEIRA, que deu seu ÚNICO filho" (João 3:16) pra morrer pelos NOSSOS pecados! Uauuuuu!!!!

Existe maior prova de amor do que essa? Como eu disse, Ele poderia ter criado um mega homem. Poderia! Mas não seria o suficiente! O amor de Deus por mim e por você é imensamente grande demais para se resumir num mega homem criado especialmente para essa finalidade. Ele deu o seu único filho pra morrer por mim e por você!

Como é possível não amar loucamente um Deus como esse?

O que você tem feito para retribuir todo esse amor?

Pense sobre isso!

Abraços!

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Coisas da nossa geração!

A gente vive numa geração onde a imagem é muito mais do que importante. É essencial! É comum você chegar em certos lugares e as pessoas já irem te analisando de cima a baixo, vendo se a sua roupa está "adequada" para a ocasião ou não, se você está na moda, se o seu sapato é novo ou se está surrado.

São coisas que já estão tão enraizadas na nossa cultura, que já tem chegado ao nível do "automático", do "involuntário".

Um grande risco disso é que passamos tanto tempo preocupados em enfeitar o exterior e esquecemos de cuidar do interior. Cuidamos tanto das coisas que os homens enxergam e simplesmente esquecemos de cuidar das coisas que Deus enxerga: o nosso coração.

Isso é facilmente notado quando encontramos pessoas bem vestidas, mas com uma vida destruída por dentro. Desequilibradas, sem amigos de verdade, sem paz, com o choro contido.

Provérbios 4, do 23 ao 27, fala de algumas coisas bem importantes a respeito daquilo que deve ser a nossa principal preocupação.

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios. Os teus olhos olhem para a frente, e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti. Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam bem ordenados! Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal."

Te convido a parar um pouco e esquecer que você "precisa" comprar mais um par de sapato ou mais uma blusa, calça ou seja lá o que for, e refletir em que área do seu coração você realmente precisa investir um pouco mais de tempo e cuidado.

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração…"

Feche os seus olhos, com poucas e sinceras palavras, peça ajuda a Jesus!

Abraços!

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Nunca estacionem o carro embaixo de um coqueiro!

Uma vez fui com uns amigos pra um camping de frente pra uma praia aqui na Bahia. Um lugar realmente muito lindo!

Enquanto a gente tava lá arrumando as coisas, um dos meus amigos ficou procurando uma sombra pra estacionar o carro dele e a única que ele encontrou foi uma debaixo de um coqueiro bem alto.

Como estava ventando bastante naquele lugar, não demorou muito para acontecer o que já era previsível: um coco caiu em cima do carro e o estrago foi muito grande, já que o coqueiro era alto. O clima entre a gente já não foi mais o mesmo! Por muito pouco não estragou o nosso feriado. Fica a dica: Nunca estacionem o carro embaixo de um coqueiro!

Mas a pergunta que eu faço é a seguinte: Você tem estacionado a sua vida debaixo de algum coqueiro?

Infelizmente, muitas pessoas tem feito isso. Ficam estacionadas na sombra do pecado. Colocam-se constantemente em situações onde, de uma hora para a outra, as conseqüências do pecado podem cair de uma forma tão forte que o estrago acaba sendo algo inevitável! E depois ainda perguntam: o que que eu fiz de errado?

A Bíblia diz pra gente "fugir da aparência do pecado" (1 Ts 5:22). Eu acho isso muito forte. Fugir da APARÊNCIA! Em outras palavras, caia fora de qualquer sombrinha do pecado, por menor que ela seja! O estrago pode ser inevitável e desvastador!

Não seja mais uma das pessoas que ficam se fazendo de desentendido. Você sabe muito bem quais são essas sombras do pecado que você tem estacionado a sua vida. Não é mesmo? Só tenho uma coisa pra dizer pra você: procure outra sombra pra estacionar a sua vida!

A Bíblia fala, no Salmo 91:1, da única sombra que é confiavelmente segura:

"Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Deus Onipotente descansará."

Descanse nessa sombra! Estando debaixo dela, você, sem dúvida, estará em paz!

Abraços!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Ninguém esperava que ela viria daquele jeito

Um tempinho atrás, fui no aeroporto com um grupo de amigos receber uma grande amiga nossa que estava voltando, com os tios e uma prima, de viagem ao exterior. Ela passou por vários lugares, entre eles, Dubai.

Como o avião vinha daqueles lados de lá do mundo muçulmano, apareceu entre os passageiros algumas pessoas vestidas com a burca. Todo mundo achou estranho mas tudo bem.

O interessante é que o avião já tinha chegado e nada dessa nossa amiga aparecer. Achamos muito estranho porque todos passageiros já tinham passado e nada dela aparecer! Mas continuamos ali esperando. Afinal… a gente tinha certeza que ela estava naquele avião!

Pra susto nosso, quando aqueles muçulmanos chegaram perto da gente, eles descobriram o rosto e vimos que, na verdade, era a nossa amiga com os tios e a prima usando a burca! Demos muitas risadas! Ninguém esperava que ela viria daquele jeito.

Estive refletindo um dia desses sobre aquele episódio que Jesus foi andando sobre as águas pra acalmar o mar e os discípulos que estavam num barco no meio daquela tempestade (Mateus 14: 22-29).

Viagem comigo no seguinte: se eu to num barco, num meio de uma tempestade, de madrugada, tudo escuro e, se eu olho pro lado e vejo uma pessoa andando sobre as águas, sinceramente, eu saio correndo por sobre águas na outra direção e gritando socorro! Na mesma hora!!! Vai dizer que você ficaria ali parado??? Ahhh, fala sério!!!

Nenhum dos discípulos esperava que Jesus fosse socorrê-los andando sobre as águas. Ele poderia ter ido de barco, mas andando sobre as águas… nem o discípulo mais fiel e com o nível de fé mais alto pensaria isso!

Não demorou muito para eles perceberem que era mesmo Jesus quem estava ali no meio daquela tempestade, socorrendo eles!

Muitas vezes passamos por situações difíceis na nossa vida, oramos pedindo pra Jesus nos ajudar, até mesmo temos fé que Ele vai nos ajudar a sair dessa. Mas na maioria das vezes, ficamos esperando que Jesus faça da maneira que nós queremos que Ele faça. Damos todas as coordenadas. Esquecemos que o Senhor é Ele e não nós. Se O deixarmos fazer conforme a Sua vontade, sem dúvidas, Ele irá nos surpreender e, então, veremos coisas incríveis como o andar sobre as águas!

Você tem limitado o agir de Deus na sua vida? Tem pedido ajuda e tem dito pra Ele, no seu coração, a forma como você quer que essa ajuda chegue até você? Abra mão hoje mesmo do controle disso! Deixe Ele te surpreender! Veja Jesus vindo na sua direção andando sobre as águas e não, da forma como você está esperando que Ele venha, num barquinho.

Dê a Ele o controle da sua vida hoje mesmo!

Abraços!

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Fui surpreendido

Num dos dias que estive lá na Região Serrana, enfrentamos um bom imprevisto: uma ladeira cheia de lama! Quase todos os carros não conseguiram subir a ladeira. Eles derrapavam demais e faltava tração. Eu já tava achando estranho, porque a gente tava ficando muito limpo no final do dia durante os trabalhos ali. Um pouco de lama faz bem, né? Haha!!!

Teve uma hora que eu subi pra falar com o pessoal, no meio de toda aquela agitação de empurra carro, amarra corda no 4x4 para puxar até o topo. E quando tava para descer, um dos meus grandes amigos da SOS Global me chamou pra ajuda-lo. E lá fui eu, com a melhor das intenções! Quando cheguei perto, ele me pegou pelo pescoço e me deu uma rasteira pra eu cair na lama! Já tava todo sujo. Fiquei mais ainda! Fui surpreendido por ele!

Isso também é normal na nossa vida, não é mesmo? Quantas vezes somos surpreendidos por notícias que nos deixam completamente sem reação? Assim como a própria catástrofe lá no Rio e tantas outras. Muitos estavam dormindo quando tudo aconteceu.

A Bíblia fala de um cara que também recebeu notícias ruins tudo de uma só vez e sem esperar nenhuma delas. Se você ler o primeiro e segundo capítulo do livro de Jó você vai ficar impressionado como tantas notícias ruins vieram pra ele tudo de uma só vez.

Uns dos versículos que mais me chamam a atenção nesse livro são uns que falam da reação de Jó quando as primeiras aconteceram.

- Então Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e ADOROU.
E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o SENHOR o deu, e o SENHOR o tomou: bendito seja o nome do SENHOR.
Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma. (Cap. 1:20-22)

Ele tinha uma noção exata de que não merecia nada do que tinha, que tudo vinha de Deus. Quantas vezes, quando perdemos coisas que as vezes são até mesmo supérfluas, nos indignamos com Deus, ficamos chateados e fazemos bico como criancinhas!?

Concordo que não é nada legal quando perdemos alguma coisa. Eu mesmo já sofri com a morte de algumas pessoas da minha família e de grandes amigos também. Sei que dor é algo que não existe comparação. É algo bem individual, mas uma coisa que você pode dizer com toda certeza é:

- No dia da adversidade Ele (Deus) me guardará protegido em sua habitação; no seu tabernáculo me esconderá e me porá em segurança sobre um rochedo.

Deus cuida de você! Acredite nisso, por pior que seja a situação que você está passando nesse momento. Busque-o agora mesmo!

Abraços!

terça-feira, 31 de maio de 2011

Sou obrigado a escrever todo dia!

Estes últimos dias tem sido muito difícil eu encontrar tempo para postar texto no meu blog. Quem entra todos os dias aqui percebeu que não postei nada nos últimos dois dias úteis. O trabalho tem sido tão intenso que me faz querer distância de computador quando não estou trabalhando. Fico realmente cansado desse lance de mouse, teclado… Sei que alguns entendem muito bem o que é isso!

Sei, também, que os mais brincalhões vão pensar automaticamente:

- Problema seu! Você é obrigado a escrever todo dia!

Bem… eu pensaria isso! Haha!!! Mas se a gente for analisar friamente, quem pensar assim, mesmo que de brincadeira, não está errado. Aliás eu assumi o compromisso de escrever todos os dias, menos finais de semana e feriados. Não é isso? Então tenho que cumprir isso, por mais que eu esteja com muito ocupado e com muita coisa pra fazer! Não posso deixar vocês entrarem aqui sem encontrar um texto novo!

O que acontece é que nós temos tantos compromissos desta vida pra fazer que acabamos deixando o nosso compromisso com Deus de lado. E pra isso usamos várias desculpas "plausíveis" para não buscarmos o Reino de Deus em primeiro lugar. Ignoramos o que 2ª Timóteo 2: 4 diz:

- Nenhum soldado em serviço se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.

Alguma vez você assumiu o compromisso de estar em serviço pelo Reino de Deus? As coisas desta vida tem tomado o seu tempo a ponto de você não conseguir realizar o trabalho daquele que o alistou? Qual desculpa você tem dado hoje em dia? E se aquele que o alistou viesse hoje? Te encontraria dormindo ou no campo de batalha?

Pense bem sobre isso!

Abraços!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Não fiquem parados!

Uma vez eu vi um filme de ação, daqueles que narram historias de bombeiros. Era bem legal ver os caras dormindo prontos pra sair assim que tocasse a sirene. Uns nem conseguiam dormir direito esperando a hora de entrar em ação.

Toda vez que a sirene tocava era aquela velha correria organizada. Eles pulavam da cama, desciam deslizando naquele ferro e cada um ia pro seu posto dentro do caminhão. A impressão que eu tinha era que eles ficavam entediados quando ficavam parados no quartel.

Fico imaginando se todos os cristãos também fossem assim. Imagine a galera ansiosa pela hora de sair das igrejas e começar a brilhar a luz de Cristo nos lugares por mais "escuros" que eles sejam… Isso seria faria parte da nossa vida de tal forma que não pararíamos de contar testemunhos dia após dia. Sempre teríamos algo novo pra contar. Você tem alguma experiência nova pra contar hoje?

Em 2 Timóteo 4: 2 diz o seguinte:

- Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina.

Paulo está querendo dizer uma coisa bem simples aqui:

- Não fiquem parados!

Se você fizer uma análise da forma como você tem vivido pra Cristo ultimamente, você diria que está parado ou em pleno movimento? Você tem pregado a palavra? Está preparado a tempo e fora de tempo? Você tem sido instrumento para repreender, corrigir e exortar com paciência e doutrina? Você consegue ver essas coisas presentes na sua vida? Não? Humm… Então tente corrigir isso o quanto antes!

Você não foi chamado para enfeitar igrejas. Já tem gente demais fazendo isso! Não seja mais um!!!

Abraços!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Doix pastéix e duax cocax

Uma vez eu fui no Estádio de Pituaçú ver um jogo do Baêa com uns amigos e, como a gente chegou cedo lá e eu tava com fome, aproveitei pra ir logo na lanchonete comprar um lanche pra mim e pra um dos meus amigos.

Quando chegou a minha ver de fazer o pedido, nem demorei muito fui logo dizendo o que queria:

- Me dá dois pastéis e duas cocas.

Mas quem me conhece sabe que, como bom carioca, na verdade eu falei:

- Me dá doix pastéix e duax cocax. - com todos os "x" possíveis!

O interessante é que o cara do caixa ao invés de me dizer quanto ficaria o meu pedido, ele foi logo me fazendo a seguinte pergunta:

- Você torce pra que time lá no Rio?

Só de ouvir o meu sotaque ficou fácil pro cara perceber que não sou daqui da Bahia mas que sou natural do Rio de Janeiro, a Cidade Maravilhosa!

O que me impressiona é que, em Mateus 7:20, a Bíblia diz o seguinte:

- Pelos seus frutos vocês os reconhecerão!

Não sou muito a favor de que devemos ser reconhecidos pelo nosso exterior, mas pelas coisas que fazemos, pelo tipo de conversas que temos, pelas nossas ações e reações no dia a dia, mesmo em situações bem difíceis e conflitantes. Manter um diálogo sadio e um bom comportamento dentro da igreja é a coisa mais fácil do mundo (ou pelo menos deveria ser).

Mas muitas vezes esquecemos que não fomos chamados para sermos luz dentro de um lugar iluminado, não fomos chamados para fazermos diferença onde não é necessário (ou não deveria ser), que é a igreja. Fomos chamados para fazermos diferença onde a conversa é a mais impura possível, onde o pecado está a flor da pele, onde a escuridão está 100% presente.

Já ouvi muitos dizerem que não tem como não se contaminar nesses lugares porque os colegas de trabalho ou de colégio ou faculdade só falam baixaria. Eles não tem outro assunto a não ser esse. Mas você esperava o que? Que eles falassem de experiências que tiveram com o Espírito Santo, das coisas maravilhosas que Deus tem feito na vida deles, que a Bíblia é o melhor livro do mundo? Quem deveria falar isso era você e não eles!

Mas existe uma forma fácil de eles poderem ouvir e ver as boas novas do evangelho em prática. Sabe que forma é essa? Você! Isso mesmo! Você é a forma que Deus escolheu para iluminar o ambiente escuro que você anda! Você é a melhor estratégia de Deus.

Mas cuidado com o alerta que está escrito no versículo anterior:

- Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo.

Cuidado pra você não ser essa árvore!

Abraços!

terça-feira, 24 de maio de 2011

Chego atrasado mas chego!

Esses últimos dias tem sido bem difícil pra eu acordar. Eu acordo bem cedo, talvez seja essa a minha dificuldade pra acordar! Eu coloco o despertador pra tocar as 7:30 da madrugada, ele toca, eu desligo e volto a dormir. Quando acordo de novo, já são 8h ou mais!

Com isso tenho chegado um pouco atrasado no trabalho todos os dias. Graças a Deus que eu trabalho perto da minha casa, porque esse lance de acordar atrasado acaba não sendo um problema muito grande. Eu chego atrasado mas chego!

Quantas vezes pensamos o mesmo em relação a Deus! Que ele chega atrasado quando mais precisamos… Existe em nós um imediatismo muito grande, queremos que tudo seja resolvido ontem e da nossa forma. Queremos que Deus venha nos ajudar na hora que a gente quer e que Ele faça o que a gente quer. Foi mais ou menos isso que pensou Maria, irmã de Lázaro:

- Chegando ao lugar onde Jesus estava e vendo-o, Maria prostrou-se aos seus pés e disse: "Senhor, se estivesses aqui meu irmão não teria morrido". (João 11:32)

Em outras palavras ela disse:

- Jesus, agora já era! O Senhor chegou atrasado!

Outros ainda diziam:

- Ele, que abriu os olhos do cego, não poderia ter impedido que este homem morresse? (ver. 37)

E quando Jesus pediu para tirarem a pedra do sepulcro, Marta ainda disse:

- Senhor, ele já cheira mal, pois já faz quatro dias! (ver. 39)

Todos tinham essa certeza: Jesus chegou atrasado!

O final da história mostra o poder de Cristo no impossível: Lázaro, mesmo depois de 4 dias morto, sai da sepultura, vivo e andando!

Eles experimentaram algo muito maior do que se Jesus tivesse chegado na hora que eles queriam e tivesse simplesmente curado uma doença. Eles viram o morto ressuscitando. Viram o impossível tornando-se possível e puderam crer que Ele era o enviado de Deus (ver. 42 e 45), mas para que isso fosse possível, foi preciso que eles fizessem uma coisa: obedecessem a Jesus quando Ele pediu para que retirassem a pedra. Confiaram quando tudo parecia perdido!

Será que não é isso que falta pra você? Confiar em Jesus mesmo quando tudo parece perdido? Saber que se você fizer assim, vai ver um milagre maior ainda? Acredite, NADA é impossível pra Deus! NADA é tarde demais quando Ele quer fazer algo! Confie em Cristo! Ouça as instruções dele e obedeça!

Ele não chega atrasado!

Abraços!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Isso acontece em muitas empresas.

Uma vez, numa empresa que eu trabalhei, fui chamado de última hora pra uma "reunião" num dos setores de lá. Na hora não entendi muito bem o porque tava sendo chamado, mas fui assim mesmo.

Quando cheguei, vi que tinham algumas pessoas de outros setores também. Tinham poucas pessoas. Me perguntaram a opinião sobre alguns layouts que me mostraram, mas isso não tava muito ligado a minha função na empresa. E ainda não tava entendendo o que estava fazendo ali. Foi quando uma das pessoas começou a fazer perguntas sobre a minha chefe e faziam algumas críticas, me induzindo a concordar. Foi aí que entendi que aquelas pessoas estavam querendo informações para poder armar algo contra a minha chefe. O estranho era que elas tinham uma "boa amizade". Saiam para almoçar e tudo. Foi aí que comecei a frustrar os planos dessas pessoas. Comecei a encher a minha chefe de elogios. Não inventei, mas valorizei bastante todos os pontos positivos dela.

Essa minha atitude fez a "reunião" acabar rapidinho. Vi que minha chefe estava cheia de amigas traiçoeiras e que no outro dia estavam chamando ela novamente para almoçar. Depois de um tempo, minha chefe foi demitida. Elas conseguiram armar um plano que acabou dando certo. Infelizmente, isso acontece em muitas empresas.

Um dos maiores exemplos de traição que conheço tá escrito na Bíblia. Jesus chama Judas pra ser um dos 12, eles passam a andar juntos diariamente, num convívio de intimidade mesmo e, de repente, 30 moedas são suficientes para que ele traia Jesus. Leia Mateus 26: 14-16.

O que me chama a atenção aqui, não são as 30 moedas. Podia ser 300, 3000 ou apenas 3. Mas o que me chama a atenção é que Judas estabeleceu um preço para a sua vida de amizade com Cristo. O inegociável passou a ter um preço, um valor!

- Eu aceito as 30 moedas de prata para entregá-lo a vocês!

Eu te pergunto: quanto vale a sua fé em Cristo? Talvez você fale que não tem preço. Mas aí eu te faço mais algumas perguntas: Será que não tem preço mesmo? E se você perder uma coisa que você tanto ama? E se você perder seu emprego, ficar pobre, perder sua casa, seu carro, não poder mais ir naqueles lugares caros que você tanto gosta de ir? Vou até mais fundo… e se você ficar doente e ter seqüelas sérias no seu corpo? Ainda sim você permanecerá firme e adorando a Deus ou abandonará a sua fé em Cristo? Por quanto você trairia a Cristo? Quanto vale a sua fé?

Em Lucas 18:8, Jesus faz a seguinte e intrigante pergunta:

- Quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?

Mas eu amo quando leio Apocalipse 2:10b e vejo o seguinte:

- Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida.

Não negocie sua fé em Cristo por nada! Por nada mesmo! Seja fiel até a morte!

Abraços!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Mas Minas Gerais não tem praia!?

Falar que um cara conhecido como Mineirinho foi campeão de surf e é o atual líder mundial desse esporte pode até mesmo soar estranho, porque, obviamente, a primeira coisa que vem à mente é:

- Ué, mas Minas Gerais não tem praia!?

E isso pode até mesmo gerar várias desconfianças. É realmente bastante estranha essa relação de Minas Gerais com o surf. Menos mal porque no caso desse surfista tem uma explicação. Na verdade, ele não é mineiro. Ele nasceu no Guarujá. É um mineiro "falsificado".

Mas a Bíblia fala de várias pessoas e situações onde não tem como não desconfiar e achar que daria tudo errado.

O que dizer de um casal idoso (Abrão e Sarai) que ouve Deus falar que a descendência deles seria tão numerosa como o pó da terra (Gen. 13:16)? Ou como acreditar que um carinha que foi apenas levar comida pros seus irmãos poderia, com apenas uma pedrinha, derrotar um soldado gigante que fez todo um exército fugir da sua frente só de olhar pra eles (1 Samuel 17)? Sem falar num cara abrindo um mar com pedaço de madeira (Êxodo 14:16) e tantos outros!!!

Quando vivemos uma vida que desafia os limites da fé, nos deparamos constantemente com situações que sem fé em Deus, não daremos nem mesmo um único passo. Esses e outros grandes personagens da Bíblia sabiam eles tinham limitações, mas que o Deus em quem estava a confiança deles não! Quando olhamos para o nosso histórico ou pro nosso currículo, faremos somente o básico que pouco dependerá do poder sobrenatural de Deus, mas da nossa limitada sabedoria.

Não desconfie nem fique com medo quando Deus te falar que você fará algo ou que Ele te levará para tal lugar. Quando colocamos nossa confiança 100% no único Deus ilimitado, passamos a viver uma vida sem limites.

Davi escreveu um lindo salmo (20:4-8) onde ele fala da sua fé que os planos de Deus não se frustram quando colocamos nossa confiança nEle:

- Conceda-te o desejo do teu coração e leve a efeito todos os teus planos. Saudaremos a tua vitória com gritos de alegria e ergueremos as nossas bandeiras em nome do nosso Deus. Que o Senhor atenda todos os teus pedidos! Agora sei que o Senhor dará vitória ao seu ungido; dos seus santos céus lhe responde com o poder salvador da sua mão direita. Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Senhor nosso Deus. Eles vacilam e caem, mas nós nos erguemos e estamos firmes.

Está disposto a ter uma vida que desafie os limites da sua fé em Deus? Ele sempre será fiel! E você?

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Vamos arrumar a mesa

Um tempinho atrás, estive conversando com um amigo meu, missionário, e ele tava me contando algumas dificuldades que ele já passou. Uma delas me chamou bastante atenção.

Ele disse que o pessoal que enviava dinheiro para o sustento dele e da família não tinha colocado o dinheiro na data que eles costumavam colocar. Os dias foram passando e ele acabou ficando sem dinheiro para comprar comida pra casa.

Na manhã seguinte, ainda na cama, a esposa dele perguntou como eles fariam pra falar pras duas filhinhas que eles não iriam tomar café da manhã naquele dia porque não tinha comida em casa. Confiando que Deus iria suprir essa necessidade, ele disse com fé:

- Não vamos falar nada para elas. Vamos arrumar a mesa para o café da manhã. Colocar todos os talheres, pratos… tudo! Deus é fiel!

E assim fizeram. Ele disse que quando colocaram o último talher na mesa, uma pessoa bateu na porta da casa deles com comida suficiente, não somente para o café da manhã, mas para outros dias também. Tinha tudo que eles gostavam. Eles confiaram em Deus.

Se eu perguntar quantos estão passando por situações que somente tendo fé em Deus para conseguir ter a certeza que irão sair dessa, sei que muitos irão dizer que estão passando por isso, não é mesmo?

Lá em Hebreus 10: 35 e 36 diz o seguinte:

- Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada. Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu;

Muitas vezes a única coisa que resta para nós é a nossa confiança em Cristo Jesus. Tudo que servia de segurança e de boa opção pra sairmos de onde estamos pode ter desaparecido como uma mágica. Mas, como diz o versículo de Hebreus, não podemos abrir mão dessa confiança!

Os versículos 38 e 39 também fala sobre como nós devemos ser:

- Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele. Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que crêem e são salvos.

Você precisa ser urgentemente como esses que não retrocedem e são destruídos! Mas tem que ser dos que crêem e são salvos!

Deus uma vez perguntou pra Abraão:

- Existe alguma coisa impossível para o Senhor? (Gênesis 18:14)

Se Ele te perguntar isso agora mesmo, o que você responderá?

Pense nisso!

Abraços!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Eles quebraram todos os paradigmas

Uma vez, quando ainda morava no Rio de Janeiro, fui num show de rock cristão onde só tinham aquelas típicas bandas de garagem. Nenhuma delas era tão famosa no cenário nacional, nem mesmo tinham cd gravado ou contrato com alguma gravadora. Mas tinha uma lá que era a mais esperada da noite. Era a principal banda!

Como já era de se esperar, todas as bandas tinham aquele visual típico de rock, roupas pretas, cabelos grandes, tatuagens… tudo normal. Foi aí que entrou a tão esperada principal banda da noite. Mas quando vi o cara com o microfone na mão achei algo super estranho. Ele tava de bermuda jeans, camisa clara, tênis "normal"… até parecia um playboy. Tinha algo errado. Ele não era quem esperávamos!

Porém, quando os caras começaram a tocar… ninguém conseguiu ficar parado! O som dos caras era muito além daquilo que a gente esperava. Eles mostraram porque eram os principais da noite. Um som perfeito!!! Eles quebraram todos os paradigmas de banda de rock no visual!

Jesus também veio pra quebrar todos os paradigmas! Todos esperavam que o Cristo viria numa carroagem de ouro, cercado de bens materiais, quem sabe algo parecido com Salomão. Em Isaías 53: 2 a 4 fala sobre um Cristo bem diferente daquele que era esperado:

- Pois foi crescendo como renovo perante ele, e como raiz que sai duma terra seca; não tinha formosura nem beleza; e quando olhávamos para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos. Era desprezado, e rejeitado dos homens; homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.

Como crer num Rei, num Cristo, O Messias que se apresentou para o povo a quem ele veio libertar desse jeito? Ainda mais sabendo que ele nasceu num estábulo, dentro de uma manjedoura!!!

Mas não foi pra impressionar com belezas exteriores e prosperidades materiais que Ele, o verdadeiro e único Cristo, veio a este mundo! O restante do capítulo porem relata a obra maravilhosa que somente Jesus pôde fazer por nós!

- Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como a ovelha que é muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca. Pela opressão e pelo juízo foi arrebatado; e quem dentre os da sua geração considerou que ele fora cortado da terra dos viventes, ferido por causa da transgressão do meu povo? E deram-lhe a sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte, embora nunca tivesse cometido injustiça, nem houvesse engano na sua boca. Todavia, foi da vontade do Senhor esmagá-lo, fazendo-o enfermar; quando ele se puser como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias, e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos. Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo justo justificará a muitos, e as iniqüidades deles levará sobre si. Pelo que lhe darei o seu quinhão com os grandes, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma até a morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e pelos transgressores intercedeu.

Como não se apaixonar por um Deus assim? Somente Ele fez a obra perfeita! Cristo, o Redentor da humanidade! O único Salvador, o único Caminho, Verdade e Vida!!! O Cristo Vivo eternamente!!!

Incomode-se consigo mesmo toda vez que perceber que o seu coração está longe deste Deus Maravilhoso! Não viva uma vida de falsidade! O versículo 11 diz que "Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito". Não seja você aquele que não deixará Jesus Cristo satisfeito por tudo o que Ele fez e ainda tem feito por você!

Abraços!

terça-feira, 17 de maio de 2011

Voltamos à estaca zero

Um dia desses tava indo pra um casamento com uma amiga minha num lugar um pouco distante. O interessante era que nem eu nem ela sabíamos onde era a igreja. Mas lá fomos nós.

Ela sabia onde ficava o lugar, mas não a igreja. Eu tava com um GPS na mão, mas sabe como são essas coisas de tecnologia no Brasil, né? Nem sempre leva a gente exatamente pro lugar certo. Logo desistimos de consultá-lo. Quando chegamos perto, começamos a perguntar onde ficava a igreja ou a rua. Alguns não sabiam. Outros informavam, mas nem sempre era o lugar certo.

Assim que começamos a procurar, uma pessoa disse pra gente com toda certeza:

- Siga direto e vire na segunda rua a esquerda. A igreja fica no final da rua.

E lá fomos nós. Quando chegamos na rua, logo vimos um bocado de carro parado na frente da igreja. Ficamos até tranqüilos, porque, como a gente tava um pouco atrasado, achar a igreja logo no começo, tava bom demais (.com.br). Me lembro que eu já tava tirando o cinto de segurança, quando olhei pra igreja e vi que… não era a igreja que a gente tava procurando. Deram uma informação errada pra gente. Voltamos à estaca zero na nossa procura pela igreja.

Muitas vezes na nossa vida, passamos por situações que acabam levando a gente de volta à estaca zero. Pensamos que já estamos bem a frente, mas percebemos aquilo que tínhamos certeza, não era tão certeza assim. O certo passa a ser duvidoso de uma hora para a outra. Mas e o que é que garantia a gente que aquilo era certeza?

Em Tiago 4: 13 a 15 diz o seguinte:

- Ouçam agora, vocês que dizem: "Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro". Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa. Ao invés disso, deveriam dizer: "Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo".

Nada na nossa vida nos dá 100% de certeza. Nós não somos auto-suficientes! Mas somos 100% dependentes da vontade de Deus. Mas muitas vezes escolhemos nos basear em escolhas totalmente humanas, nos nossos conhecimentos e na nossa própria inteligência. Esquecemos de consultar a vontade de Deus.

Talvez você esteja passando por um momento que você precisa tomar uma decisão em alguma área da sua vida. Talvez essa decisão seja tão importante pra você que esteja, inclusive, atrapalhando o seu sono.

Não perca tempo, nem corra o risco de ter que voltar à estaca zero quilômetros a frente. Consulte hoje mesmo a vontade de Deus pra sua vida. Não dê um passo sequer sem ter essa certeza! Busque isso!

Abraços!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Vivemos nessa correria

Apesar de estar trabalhando num ritmo muito maior do que o normal, eu não paro para reclamar do meu trabalho. Muito pelo contrário! Até mesmo porque gosto muito do que faço aqui. Mas fiquei pensando no esforço que a gente faz pra poder ganhar o salário do final do mês! Se não tiver trabalho, não tem salário. E sem salário não pagaria as contas e nem teria como fazer investimentos ou outra coisa do tipo. Vivemos nessa correria porque esse mundo força a gente a viver em função do dinheiro.

Mas hoje, durante toda correria, olhei pela janela e vi um bocado de passarinhos brincando do lado de fora. Eles voavam em movimentos quase que repetitivos. Na mesma hora eu pensei comigo mesmo:

- Eu aqui me matando de trabalhar e os passarinhos lá fora brincado sem preocupação alguma!

Não tem como não lembrar de Mateus 6: 26 que diz o seguinte:

- Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?

A nossa tendência natural é correr daqui pra lá, de lá pra cá, fazer e acontecer. Tentar fazer tudo com a nossa própria força e inteligência. Somos levados a fazer da nossa vida uma correria total em busca de algo que consiga dar alegrias e satisfação pra gente. Tem gente que, quando está triste, vai no shopping comprar roupa ou vai no cinema, fica até mais tarde no trabalho, vai passear, enfim, faz alguma coisa pra ocupar a mente e, assim, se sentir "melhor".

Esquecemos que, da mesma forma como Deus cuida das aves, Ele também cuida de nós. Esquecemos que do valor que nós temos pro Deus que nos criou.

O restante deste capítulo 6 diz:

- Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

Lendo esse texto, fica bem claro pra mim que o que tem atrapalhado a nossa vida, é que nossas preocupações vão muito além do básico. As coisas supérfluas nos sufocam e fazem a gente não ter tempo nem mesmo para buscar "o reino de Deus, e a sua justiça". Assim como qualquer um nesse mundo, queremos sempre mais. Se temos um carro, queremos trocá-lo por um modelo mais novo. Se temos um sapato, queremos mais 10. Essa busca interminável acaba levando a gente à uma canseira e para longe de Deus e da sua vontade.

Você tem vivido assim? O que falta pra você fazer um balanço de como está a sua vida e focar no que realmente é necessário?

Não deixe o tempo passar. Faça essa análise o quanto antes!

Abraços!

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Vivemos um cristo falido!

Uma vez eu tava andando tarde da noite por alguns lugares de Salvador com um amigo e, de repente, esse meu amigo lembrou de uma igreja que tava tendo uma programa pra jovens que sem dúvidas terminaria bastante tarde. Então, nem pensamos duas vezes e fomos pra lá.

Mas quando chegamos lá, vimos que o programa lá tava no finalzinho, inclusive um dos líderes da igreja já tava do lado de fora. Como ele conhecia o meu amigo, eles foram logo falar um com o outro. Interessante que dava pra ver nitidamente que esse líder tava bastante feliz e nem demorou muito pra ele começar a falar o que tava deixando ele tão feliz assim. Ele disse o seguinte:

- A programação foi muito boa! Vocês não tem idéia de quantas pessoas drogadas estavam aqui dentro da igreja hoje. Foi demais!!!

Sinceramente, a primeira reação que eu tive foi de levar um susto assim que o ouvi dizer isso. Mas, logo depois, me bateu uma alegria gigante porque alguém conseguiu entender o que Jesus disse em Marcos 2: 15 a 17:

- E aconteceu que, estando sentado à mesa na casa de Levi, também estavam sentados à mesa com Jesus e seus discípulos muitos publicanos e pecadores; porque eram muitos, e o tinham seguido. E os escribas e fariseus, vendo-o comer com os publicanos e pecadores, disseram aos seus discípulos: Por que come e bebe ele com os publicanos e pecadores?
E Jesus, tendo ouvido isto, disse-lhes: Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores ao arrependimento.

Cada vez mais me incomoda a forma como as igrejas tem se comportado. A gente vê de tudo nelas. Desfile de moda, exibição explícita do último carro que comprou e seus acessórios, disputa ridícula de poder, uma cambada de fariseu num exibicionismo imundo das coisas e valores desta terra!

Jesus andava (e ainda anda) com os pecadores, mas nós preferimos andar com os fariseus da nossa época! Até mesmo porque podemos ser convidados pra ir pra casa de praia dele no próximo feriado prolongado, ou fazer altas viagens no carro importado com ar condicionado e banco de couro que ele tem. Que amor idiota é esse que "pregamos". Vivemos um cristo falido que não muda nem mesmo os nossos corações, quanto mais o coração daqueles que estão à nossa volta.

Onde estão aqueles que realmente precisam de ajuda dentro das "nossas" igrejas? Não queremos dentro das "nossas igrejas" aqueles que não queremos dentro das nossas casas. Qual seria a reação se um grupo de prostitutas e travestis entrassem nas "nossas igrejas"? Seria profano? E se um drogado desse a última puxada num baseado na frente da igreja antes de entrar pra assistir o culto perfeita e mecanicamente programado? Seria um insulto?

- Vinde a mim todos vós que estás cansados e sobrecarregados que Eu vos aliviarei. (Jesus, escrito em Mateus 11:28)

Cuidado! Se continuarmos assim, o verdadeiro dono da igreja vai deixar a gente fora da casa que Ele tá preparando pra nós!

Acorde pra vida.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

A vantagem do descartável

Me diz ai, tem coisa melhor do que você organizar um almoço, um churrasco ou coisa do tipo e optar por colocar tudo descartável? Acabou de comer? É só jogar fora e pronto! Nada de perder tempo e mais tempo lavando a louça! É a vantagem do descartável. Serve para aquele momento que ele é útil e pra nada mais depois.

Já o prato de vidro, quando você usa, tem que lavar, deixá-lo lá guardadinho no armário e quando você precisar de novo, é só ir lá pegar, colocar o que você quiser nele e pronto. Mas pelo menos você sabe que ele está ali!

Lucas 17: 11 a 17 relata um milagre de Jesus que me traz uma reflexão bem clara. Leia aqui:

"A caminho de Jerusalém, Jesus passou pela divisa entre Samaria e Galiléia. Ao entrar num povoado, dez leprosos dirigiram-se a ele. Ficaram a certa distância e gritaram em alta voz:
- Jesus, Mestre, tem piedade de nós!
Ao vê-los, ele disse:
- Vão mostrar-se aos sacerdotes.
Enquanto eles iam, foram purificados. Um deles, quando viu que estava curado, voltou, louvando a Deus em alta voz. Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradeceu. Este era samaritano.
Jesus perguntou:
- Não foram purificados todos os dez? Onde estão os outros nove?"

Te pergunto: será que você alguma vez já foi como esses 9 leprosos, que quando passou por algum problema não pensou duas vezes antes de clamar por ajuda a Cristo, chorar aos seus pés, pedir oração pra todas pessoas cristãs que você conhece, ir lá na frente da igreja em momentos de oração e, quando você finalmente conseguiu sair dessa situação, nem sequer lembrou de agradecer a Cristo com a mesma intensidade de quando você estava precisando dele?

Pessoas assim, pensam que Jesus Cristo é um prato descartável, que pode usar e jogar fora. Ou até mesmo um prato de vidro, que você usa, lava, deixa guardado e quando precisar é só pegar novamente.

O cristianismo não pode ser vividos em momentos isolados. Mas de vida plena e intensa! Isso é, caso você queira realmente ser arrebatado quando Cristo voltar. Mas se essa não for a sua intenção, sinta-se à vontade! Porém não se arrependa depois! E se você acha que Cristo é mesmo prato descartável, são grandes as chances de você ser descartável no dia do arrebatamento dos que não são descartáveis por Ele!

Agradeça a Deus pelas coisas que Ele tem feito por você com a mesma intensidade de quando você pede a ajuda dEle.

Pense nisso!

Abraços!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Eles não mediram esforços!

Depois que aconteceu o ataque terrorista contra o World Trade Center, há quase 10 anos atrás, Bin Laden passou a ser o inimigo número 1 dos Estados Unidos da América e seus aliados. Foi caçado por vários lugares do mundo. Os EUA usaram grande força bélica e todos seus serviços de inteligência na tentativa de encontrá-lo, custe o que custar. Eles não mediram esforços!

Nessas últimas semanas, os americanos tem publicado em todos os meios de comunicação que, depois que mataram o seu grande inimigo mortal, jogaram o corpo dele no mar, num local não revelado. A intenção é que, se enterrassem num cemitério, esse lugar seria um local de romaria póstuma. E isso não pode acontecer! Mas não duvido que terão pessoas que ainda assim irão procurar o corpo. Tem louco pra tudo!

Tão mortal como Bin Laden era pros EUA, assim também deveria ser o pecado para nós, cristãos. Não devemos medir esforços para que esse mal seja cada vez mais banido da nossa vida, para que ele não continue causando feridas e danos como num verdadeiro atentado terrorista no mundo espiritual.

Quando leio o capítulo 7 de Miquéias, vejo que no versículo 18, mostra um Deus maravilhoso que nos ajuda nessa guerra contra o pecado, que nos perdoa de uma forma maravilhosa!

- Quem é comparável a ti, ó Deus, que perdoas o pecado e esqueces a transgressão do remanescente da sua herança? Tu que não permaneces irado para sempre, mas tens prazer em mostrar amor.

Se o texto parasse por aí, a gente já teria motivo suficiente para vibrarmos, para ficarmos completamente felizes na presença de Deus, sabendo que Ele nos ama com um amor que nunca iremos compreender, nunca conseguiremos explicar. Mas a seqüência mostra uma característica incrível de Deus:

- De novo terás compaixão de nós; pisarás as nossas maldades e atirarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar.

Assim como os EUA não querem que as pessoas consigam encontrar o corpo do seu grande inimigo e tenha contato visual com ele, assim também Deus faz com os nossos pecados quando pedimos perdão para Ele! Nossos pecados são levados para bem longe, num lugar onde não temos acesso e isso deveria nos dar a certeza de que estamos livres deles! Estão longe de nós!

Infelizmente, muitas vezes, ficamos nos remoendo e trazemos para "terra firme", para junto de nós, pecados que já foram perdoados. Nos martirizamos com eles e, assim, anulamos a beleza do amor e do perdão de Deus. Nós somos remanescentes da sua herança! Somos seus filhos! Somos livres e não condenados! Não condene-se por pecados que já foram perdoados por Deus!

Termino com Romanos 8: 1 e 2. Leia atentamente!

- Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.

Jesus te ama!

Abraços!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Vou correr toda semana!

Uma característica minha que todos os meus amigos conhecem muito bem é que eu gosto muito de comer. E gosto mesmo! Tenho enorme prazer e alegria nisso! Sempre comi bastante! Ainda mais uma feijoada carioca! Não resisto mesmo!

Pra equilibrar tudo isso, eu jogava futebol, ou, como é dito aqui na Bahia, batia um baba toda terça e, as vezes, na quinta também. Um dia com o pessoal da igreja e outro com o pessoal do trabalho.

Só que eu não sei o que aconteceu que em 2011 o pessoal resolveu parar de joga bola! Tanto da igreja quanto do trabalho, enquanto isso eu continuava com o meu ritmo normal de comida. E, como não estava queimando calorias, comecei a perceber alguns sinais clássicos como uma bermuda ficando um pouco mais apertada, uma calça que não precisava mais de cinto, uma camisa que ficou um pouco mais apertada.

Percebi que se eu ficasse só comendo da mesma forma sem praticar um exercício físico, iria engordar mais ainda. Isso é fato! Então, antes que isso seja uma realidade irreversível, decidi que vou correr toda semana! Pelo menos duas vezes. As terças e quintas.

Temos visto muitas pessoas dentro das igrejas que estão há muito tempo apenas comendo alimentos espirituais, engordando e ficando com dificuldade para locomoção. Sentadas e emperradas em cima de cadeiras da religiosidade.

Tiago 1:22 diz o seguinte:

- Sejam praticantes da Palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos.

Os praticantes das Palavra não são aquelas pessoas que ficam sentadas assistindo a cultos domingo após domingo. Engordando com mensagens edificantes que acabam ficando empoeiradas nas prateleiras de corações petrificados.

Vai esperar ficar com quantos quilos pra começar a fazer aquilo que você tem aprendido na teoria? Cuidado porque pode acabar ficando tão obeso que não seja aconselhado um exercício físico sem que tenha do seu lado um carro da SAMU.

Venha correr conosco essa corrida do Evangelho! Seja praticante da Palavra.

Abraços!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

mas se fosse eu

Trabalhei com uma pessoa um tempo atrás que era daquele tipo de pessoa que tirava a gente do sério. Tudo o que ela falava tinha que ter frases como "mas eu", "bem, eu quando fiz isso", "mas se fosse eu", etc. Sempre tinha um "eu" nas frases dela.

Teve um projeto aqui na empresa que ela não participou em nada da elaboração e foi até apoiado por um fornecedores de produtos daqui. O interessante foi que, quando esse projeto chegou aos ouvidos de uma multinacional, eles gostaram tanto que pediram para que a pessoa que criou esse projeto fosse até lá para apresentá-lo aos diretores dessa multinacional. Mas essa pessoa não podia ficar de fora, né?

Ela não só se meteu no grupo que iria viajar, como, por ser superior hierarquicamente, barrou a ida do idealizador do projeto. Sem falar que chegou lá dizendo que quem fez tudo foi ela. As honras e as glórias sempre deveriam ser dela.

E quantos cristãos a gente conhece que são assim mesmo? Que se acham indispensáveis para o sucesso do evangelho! Você é um deles? Você fica pensando que se você não estiver nesse ou naquele projeto as coisas deixam de andar? Pode ter certeza de uma coisa, esse tipo de pessoa nunca assume que é assim! É um fato!

A Bíblia, em João 7:18, fala o seguinte:

- Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça.

Infelizmente, tem muita gente falando de si, das coisas que tem feito, mas pouco se fala das coisas que Deus tem feito, Jesus passa a ser um mero coadjuvante na história da vida dessas pessoas. Na verdade, elas sempre falam de Jesus, mas é só pra constar. No fundo no fundo, o coração delas sabe que é uma falsa humildade.

Seja sincero, seja verdadeiro! Reconheça que é a Cristo que pertence toda honra e toda glória! Nós somos feitos por Ele e para Ele, assim como está escrito em Romanos 11:36:

- Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente.

Seja húmilde e reconheça a soberania de Jesus na sua vida, dê a Ele toda honra e toda glória!

Abraços!

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Tomamos a decisão errada

Quando vim do Rio de Janeiro pra Bahia com minha família, em 1999, optamos por vir de carro numa jornada que durou 2 dias. Viemos sem pressa. Paramos em alguns lugares. Foi tranqüila a viagem.

Mas depois que chegamos na Bahia, nos deparamos com uma dúvida cruel. Tinha uma bifurcação na nossa frente onde os dois caminhos levavam para Salvador, sendo que, por um caminho, a gente continuaria indo pela BR que já estávamos e pelo outro iríamos pelo Ferry Boat. Paramos pra perguntar qual a diferença de uma pra outra e nos disseram que pelo Ferry andaríamos uns 100km a menos. Como já estava de noite e 100km a menos faz uma boa diferença… nem levamos muito tempo para escolher.

Quando chegamos perto do Ferry, depois de andarmos pra caramba, descobrimos que não disseram pra gente que já estava tarde demais e não daria pra seguir adiante porque o Ferry Boat já estava fechado! Tivemos que voltar tudo de novo, lá pra aquela mesma bifurcação, e seguir pela BR em direção à Salvador. Perdemos muito tempo e combustível por causa disso! Tomamos a decisão errada porque agimos sem analisar todas as coisas com cuidado. Nos prendemos apenas pela diferença da distância de um caminho pro outro.

Lá em Provérbios 14:12 vemos a Bíblia falando sobre isso:

- Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte.

Todos nós passamos por momentos de decisões. Algumas tem impacto pequeno na nossa vida, outras nem tanto! Muitas das vezes queremos alguém pra chegar pra gente e falar "vá por aqui" ou "vá por ali". Mas no fim, só nos resta fazer uma coisa: escolher! Mas e como escolher? Como saber se o correto é esse ou aquele caminho?

Salmo 119: 105 dá uma dica:

- Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.

Essa é a dica infalível! A Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada! Busque de Deus orientação para a decisão que você precisa tomar. Mas independente de qualquer coisa, ouvindo o direcionamento de Deus ou não, ouvindo conselhos de amigos ou fazendo da sua própria vontade, no final de tudo você vai se deparar com uma realidade: a escolha é sua! Essa responsabilidade é sua! Não fuja dela! Mas faça conforme o que o Espírito Santo lhe orienta! Fazendo assim, as chances de você ter que voltar pra aquela bifurcação da decisão é praticamente nula.

A escolha é sua!

Abraços!

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Qual é a nossa cultura?

Quando cheguei no trabalho hoje vi um coisa que me refletir. Hoje tá um dia bastante quente aqui na Bahia e o mais correto para a região seria colocar roupas leves, certo? Óbvio! Porém, vi um cara lá que parecia advogado ou alguém de uma outra empresa vindo visitar a sede aqui com terno preto e gravata! Imediatamente me deu pena desse cara! O que pensariam de mim se eu viesse trabalhar de camisa mangas compridas?

Essa cena me fez pensar o seguinte: apesar de ser realmente elegante vestir terno e gravata, por que temos que adotar para nós, tupiniquins tropicais, costumes que seriam mais óbvios em regiões mais frias como a Europa ou América do Norte? Os países africanos tem suas roupas típicas, os asiáticos, os próprios europeus e norte-americanos também. Mas e qual é a nossa cultura? Adotamos para nós a cultura dos outros.

Não quero tocar em assuntos referentes à costumes como estilo de música, roupa, prática de esportes… porque pra mim isso tudo é meramente doutrina humana. Cada um julgue o que é correto pra você.

Mas temos visto que costumes tais como fofoca, mentira, inimizade, vingança, amor ao dinheiro e não ao próximo e alguns (muitos) outros tem se tornado cada vez mais freqüentes no meio de pessoas que se dizem servir à Deus, como eu e você.

Levítico 20: 22 e 23 diz o seguinte:

- Guardai, pois, todos os meus estatutos, e todos os meus juízos, e cumpri-os, para que não vos vomite a terra, para a qual eu vos levo para habitar nela. E não andeis nos costumes das nações que eu expulso de diante de vós, porque fizeram todas estas coisas; portanto fui enfadado deles.

"Não andeis". A Bíblia é muito clara quando expõe isso! "Não andeis!" Não vou querer nem mesmo pensar em escrever que isso seja fácil de cumprir. Mas o pior é que tem sido normal ver pessoas que praticam tais costumes de forma totalmente consciente, mostrando que não apenas estão andando, como também estão enraizadas neles.

Está preso em algum desses costumes ou alguns outros que você mesmo identifique como não sendo costume do povo do Deus que você diz servir? Faça um compromisso com Deus e consigo mesmo de fugir deles para que Deus "não te vomite" (v. 22). Quando Deus fala, Ele cumpre. E você, tem cumprido o que promete pra Deus? Qual é a nossa cultura? Viva nela!

Abraços!

terça-feira, 3 de maio de 2011

16,27 milhões de pessoas em extrema pobreza

Estava vendo um portal de notícias hoje e, por causa dos últimos acontecimentos, pensei que veria aquelas manchetes clássicas sobre Bin Laden, casamento do príncipe, caixa preta do vôo da AirFrance… Mas acabei me deparando com uma notícia que me impressionou. A chamada dizia o seguinte:

- Brasil tem 16,27 milhões de pessoas em extrema pobreza.

É muita gente pra um país só, mesmo sendo um país grande como o Brasil. Isso aí represente quase 10% da população nacional! E isso é de assustar porque moramos num país cristão! Somos a maioria esmagadora, contando católicos e protestantes e isso não deve acontecer! É fato!

Eu sei que você que tá lendo isso aqui pode estar dizendo agora mesmo coisas como "Cleber, mas a prática no meio cristão é bem diferente da teoria", "você ainda tinha dúvida disso?", "Cleber! Acordaaa!!!", "99% dos cristãos do Brasil são fictícios".

Eu concordo com tudo isso também. Mas quando eu leio 1ª João 3:16-18 dizendo:

- Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos. Se alguém tiver recursos materiais e, vendo seu irmão em necessidade, não se compadecer dele, como pode permanecer nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade.

O texto aqui, em momento algum fala da massa! Fala "alguém". Ou seja, fala de mim e de você, individualmente! Então se você fala pra mim que 99% dos cristãos do Brasil são fictícios, então eu te pergunto:

- Você é um cristão fictício em quantos porcento? A sua prática é bem diferente da teoria? Quantos porcento de você é meramente palavra e quantos porcento de você é ação e verdade? Você é um espelho do cristianismo do Brasil que você atacou alguns minutos atrás?

Essa advertência do final do versículo 18 é muito forte: "não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade."

Vamos acordar! Vamos mudar a NOSSA conduta!

Mãos à obra!

Abraços!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Vencemos! Bin Laden está morto!

O maior inimigo dos Estados Unidos da América está morto! Todos os meios de comunicação falam sobre isso! Todas as redes sociais também. Todas as pessoas. E por que eu ficaria de fora dessa onda de notícias e reflexões?

Ironicamente, o cara foi treinado pelos próprios sobrinhos do Tio Sam. Mas tornou-se inimigo, foi acusado da morte de milhares. Quem não se comoveu ou até mesmo não chorou com o atentado ao World Trade Center? Esse atentado paralisou e chocou o mundo!

Mas ontem a justiça foi feita! A maior potência do mundo (?) está dizendo:

- Vencemos! Bin Laden está morto!

Foi uma vitória heróica do patriotismo! Pera aí! Patriotismo? Como assim? O grande país "cristão" está celebrando a vitória de qual pátria? A pátria terrena ou a celestial? Eles estão defendendo os direitos de qual pátria? Será que podemos dizer que foi uma vitória do cristianismo frente ao islamismo? Quem está comemorando a morte do Bin Laden? Deus ou Satanás? A nossa guerra é contra os homens?

São inúmeros os versículos que falam sobre como devemos lidar com os nossos inimigos. Mas prefiro pegar o que o próprio Cristo (não aquele pregado pelos americanos) disse quando olhou pros seus próprios assassinos:

- E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. (Lucas 23: 34)

Mas e quanto aos nossos inimigos? Você tem ficado feliz quando acontece alguma coisa ruim com uma pessoa que você não gosta ou que tem algo contra? Você torce pra essa pessoa se dar mal na vida? Que cristo você tem pregado e vivido quando alguém faz algo ruim contigo ou com alguém que você gosta? O cristo norte-americano ou o Cristo da Bíblia Sagrada, o próprio Jesus?

"Abençoem aqueles que os perseguem; abençoem, e não os amaldiçoem." (Romanos 12:14) soa como algo de outro mundo na nossa cultura vingativa. Mas esse é um dos muitos desafios do verdadeiro cristianismo. Andar na contramão do sistema não é nada fácil.

Não basta ficarmos aqui criticando Obama e seus súditos se também somos vingativos com os que perseguem a gente! Vamos viver o verdadeiro cristianismo, do verdadeiro Cristo, com os "Bin Ladens" que estão ao nosso redor!

Pensem nisso!

Abraços!

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Fiquei com medo!

Uma vez fui fazer uma trilha com um grupo de amigos num lugar com muito mato, rios e cachoeiras. Lindo demais! Como sempre, foi uma experiência maravilhosa. Exceto por um detalhe.

Quando chegamos na maior e na mais bonita cachoeira do lugar, ficamos um tempo observando as belezas naturais dali, até que um dos meus amigos teve a brilhante idéia de pular lá de cima. Ele não se machucou. Mas quando eu fui lá para pular… minha mente ia, mas o meu corpo não saía do lugar. Não adiantava! Tentei várias vezes, mas não conseguia pular de lá. Fiquei com medo! Assumo!

Eu não conseguia acreditar no que estava acontecendo comigo. Sei que eu não sou a pessoa mais corajosa para altura, mas também não era pra tanto! Dava pra ver todo mundo curtindo os vários pulos que eles davam e eu lá... paralisado!

Somos, ou deveríamos ser, movidos por desafios na nossa vida. Desafios pessoais, profissionais e espirituais também. Porém em todos os desafios, enfrentamos momentos de decisões cruciais: ir adiante ou não? Pular de cabeça ou retroceder?

No livro de Josué, a Bíblia relata uma história que pra muitos daria o maior frio na barriga: substituir ninguém menos que Moisés! Josué recebeu essa tarefa de Deus (capítulo 1) e ainda teve que ouvir Deus falando 3 vezes "seja forte e corajoso", e numa das vezes Deus ainda acrescentou um "muito corajoso", sem falar que na última vez Deus disse:

- Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime". (vers. 9a)

Fico pensando numa coisa: porque tanto sinal de alerta assim? "Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime"! Por que tudo isso? Precisava dar tanta ênfase assim? Mas é simples explicar isso: Deus conhece muito bem a natureza humana! Ele sabe que naturalmente pensamos em voltar atrás quando ficamos frente a frente a um desafio.

Mas Deus vai além e termina o versículo dizendo:

- "O Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar." (vers. 9b).

Isso basta! Já é suficiente para pularmos de cabeça, seja lá qual for o desafio que temos pela frente!

Tá passando por alguma luta? Deus está contigo nela?

"Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime."

Abraços!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Por causa de uns todos pagam.

Como já disse aqui, em 2009 eu fui pra África do Sul. Uma coisa que me deparei lá e que me deixou revoltado foi a imagem que muitos de lá tinham dos brasileiros. Todos diziam que todos brasileiros eram bagunceiros e que arrumavam confusão à toa.

Mas o pior era que eu conheci brasileiros lá que faziam jus à tudo o que os sul africanos falavam de nós e não estavam nem aí para tentar melhorar essa imagem. Por causa de uns todos pagam. Eram alguns brasileiros que estavam estragando a imagem do Brasil.

E qual a imagem que os cristãos estão passando de Cristo? Você já parou pra pensar que quando as pessoas olham para cristãos mentirosos, rancorosos, vingativos, que gostam de passar por cima dos outros, que não fazem questão de serem amigos de todos e/ou que não estão sendo luz do mundo, eles relacionam que Cristo também é assim? Afinal o cristianismo, que muitos rejeitam, é de Cristo, não é mesmo?

Quem nunca ouviu alguém, que não é cristão, dizer que se acha mais cristão que muitos que ele conhece? Que imagem você tem passado para as pessoas que você tem contato no dia a dia? O que elas pensam de você? Ou melhor, o que elas pensam do Cristo que você diz ser discípulo? Os seus frutos refletem quem Ele realmente é?

Deixo Apocalipse 2: 4-5 para que você medite:

- Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor. Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do seu lugar.

Pense bastante sobre isso!

Abraços!

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Nunca esqueça que...

Uma das coisas que eu mais gosto é de viajar. Sei que muita gente que está lendo esse post também ama viajar, não é mesmo? Mas ao contrário de algumas outras pessoas, eu não tenho problema algum em viajar de avião. Consigo descansar tranqüilamente.

Mas se analisarmos friamente, o avião é um meio de transporte bem arriscado, apesar de acontecerem bem poucos acidentes, em relação aos outros meios.

Como num vôo, a velocidade é muito alta e estamos há vários metros de altura, qualquer probleminha lá em cima… já era! A pior sensação é quando passamos pelo meio de uma tempestade! Eu já passei por uma e vi o quanto é sinistro. Se a turbulência fizer o bico do avião levantar um pouco acima do permitido, o fluxo de ar passa a ser maior no "barriga" (extradorso) do avião, isso é chamado de "estol", fazendo o avião ficar totalmente fora de controle. Se algo der errado, morreremos em frações de segundo. Pra gente descansar totalmente durante o vôo, é preciso confiar 100% no piloto e ter a certeza de que ele é capaz de levar a gente de volta pra um lugar em segurança.

Essa confiança plena de que estamos seguros, mesmo correndo riscos reais de morte e de incerteza, podemos ver no salmo 23, versículo 4:

- Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo.

Você tem passado por momentos de turbulências na sua vida? Tem passado por situações onde qualquer probleminha pode surtir um efeito bem maior? Esse salmo mostra um nível de fé inabalável em Deus. O salmista diz que só o fato de saber que Deus está com ele, faz ele não temer mal algum, mesmo que esteja passando por um lugar de total risco como o vale da sombra da morte!!!

Ele coloca como exemplo não somente uma situação, mas um lugar. Quando estamos num vale, podemos olhar para todos os lados e continuaremos vendo o vale. E mesmo estando nesse vale, o salmista diz: "não temerei mal algum, porque tu estás comigo."

O que tem levado você a perder as esperanças ou a ficar atemorizado(a)? Busque abrigo no Deus que não falha e que não nos abandona. NUNCA esqueça que...

- O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Salmo 46:11)

Abraços!

terça-feira, 26 de abril de 2011

Esse é o meu sonho!

Estava vendo a entrevista de uma nadadora brasileira sobre os esforços que a prática de um esporte no nível de competição causam no corpo humano. Fiquei impressionado com o tamanho do sofrimento dela. A rotina de treinamento era algo incrível.

Ela tava falando que nada 6 horas por dia, sai da piscina de direto para a sala de fisioterapia e passa mais duas horas ali. A última coisa que ela faz nessa maratona é tomar uma injeção para ela conseguir passar o restante do dia sem sentir muitas dores. Ela já fez uma cirurgia na coluna e uma outra no ombro. Por causa disso tudo, as dores são suas companheiras do dia a dia.

Porém o que mais me chamou a atenção foi o uma coisa que ela falou:

- Não me importo se precisar fazer cirurgia em todo corpo, desde que eu consiga uma medalha olímpica. Esse é o meu sonho!

Somos cercados de sonhos. Sonhamos em comprar nossa casa própria, casar, ter um carro, um bom trabalho, passar no vestibular, ter filhos e muitos outros. São tantos sonhos…

Além desses, todo cristão deve ter como o principal e maior sonho, o de um dia estar face a face com Cristo na lugar que Ele mesmo foi preparar para nós.

Infelizmente é normal que a gente fique um pouco desanimado algumas vezes durante a nossa caminhada. Mas o livro de Hebreus, no capítulo 12, versículos 1b e 2a, fala o seguinte:

- Livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé.

Uma das palavra chaves pra mim nesse versículo é "perseverança". Muitos desistem na primeira barreira que encontram pela frente. Mas, assim como aquela nadadora, eu faço a seguinte pergunta:

- Você está disposto(a) a seguir atrás do seu sonho de encontrar com Cristo, mesmo que para isso seja necessário que você passe por quantas "cirurgias" forem necessárias?

Não desista desse seu sonho! Vale a pena!

Abraços!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Algo diferente aconteceu!

Na páscoa desse ano, eu viajei para Bauru encontrar grandes amigos que fiz nesses últimos ano. Foram ótimos momentos que passamos juntos ali nesses dias.

No vôo da Bahia para São Paulo, estava sentado na janela bem próximo à asa direita e, quando já estávamos chegando no aeroporto de Campinas, pude ver o flap da asa entrando em ação para preparar o avião pro pouso. Como a velocidade era muito alta, precisou de apenas um leve movimento para que surtisse efeito na rota do avião. Todos nós sentimos que algo diferente aconteceu!

No mundo que vivemos hoje, existem milhões de coisas que fazem a gente se distrair. Quando a gente percebe, o tempo passou e não fizemos nada que pudesse alimentar a nossa alma. O pior é que não precisamos de muito tempo para percebermos uma grande mudança na nossa vida espiritual e o pecado já entra imediatamente na nossa rotina de vida. Não é assim mesmo?

Provérbios 4: 27 diz o seguinte:

- Não se desvie nem para a direita nem para a esquerda; afaste os seus pés da maldade.

Quais são as coisas que tem roubado o seu tempo com Deus? Quais são essas "pequenas" coisas que tem acontecido na sua rotina que tem feito você deixar de ter um momento de leitura e meditação da Bíblia, além de um tempo de oração?

Faça uma análise nas coisas que você tem feito, veja as coisas que são meramente supérfluas e que podem ser substituídas por alguns capítulos da Bíblia ou por um momento a sós com Deus. Você vai perceber rapidamente a diferença. Posso te dar certeza disso!

Faça essa análise hoje mesmo!

Abraços!

quarta-feira, 20 de abril de 2011

O dengo aumentou ainda mais

Um tempinho atrás apareceu uma cadela lá na igreja que eu freqüento e ela simplesmente escolheu que ali seria a casa dela. E ela está sempre lá na porta. Recebe carinho e todo mundo já sabe o nome dela. É uma festa com a pobre coitada da cadela.

O interessante é que logo depois começamos a perceber que a barriga dela tava crescendo mais do que o normal. Não precisa nem dizer o final da história, né? Ela estava "grávida"! Todos ficaram preocupados com ela. Foi a deixa para surgirem perguntas do tipo: como vamos fazer quando os filhotes nascerem? Quem vai ficar com eles e com ela? Pois bem, e nasceram 6 filhotes! Com isso, o dengo aumentou ainda mais.

Vendo todo esse carinho e o amor que todos estão tendo com essa cadela que apareceu "do nada", fico pensando o seguinte: quantas pessoas também aparecem "do nada" na porta, não somente da igreja que eu freqüento, mas de todas as igrejas espalhadas por aí e não movemos uma palha para ajudar? Nem somos capazes de perguntar se está tudo bem com a pessoa ou se ela precisa de alguma coisa.

1 João 3: 17-18 diz o seguinte:

- Se alguém tiver recursos materiais e, vendo seu irmão em necessidade, não se compadecer dele, como pode permanecer nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade.

Quando a Bíblia fala em "recursos materiais", muitas vezes relacionamos a "sermos ricos". Mas não é bem assim! Você tem dinheiro pra comprar um pão pra uma pessoa? Você tem uma roupa boa que possa doar para alguém? Isso também é ter recursos materiais! Muitos dizem: eu te amo de verdade! Mas precisamos, também, amar em ação!

No post "Eles não ficaram parados", coloquei um texto bíblico onde Jesus diz quando cuidamos de uma pessoa que está passando por necessidades, na verdade estamos fazendo isso como sendo com o próprio Jesus e isso é amar em ação.

Repare nas pessoas que passam por você. Tente observar se elas estão precisando de alguma ajuda e esteja disposto a fazer algo. Não cuide apenas dos animais. Cuide de pessoas também!

Mãos à obra!

Abraços!

terça-feira, 19 de abril de 2011

Um carro quebrado no estacionamento.

No aeroporto de Salvador tem uma coisa que me chama a atenção desde quando eu cheguei aqui na Bahia: um carro quebrado no estacionamento.

Quando eu vi esse carro pela primeira vez, pensei que tinha furado o pneu e o dono da carro não tava com o pneu de socorro ou tava furado, mas que ele voltaria para tirá-lo de lá. Mas acontece que já estou há 12 anos aqui na Bahia e aquele carro continua lá, parado e ocupando uma vaga que poderia ser usada por qualquer outra pessoa.

Fico imaginando o preço que o dono desse carro vai ter que pagar por deixar o carro parado ali todo esse tempo. Com certeza, o débito dele já deve estar muito maior do que o valor do carro. Se o carro estivesse andando nas ruas e não parado ali, o dono teria um prejuízo muito menor. Ou quem sabe, nenhum prejuízo, porque poderia trocar o carro por um outro melhor.

Muitos estão enfrentando esse mesmo problema. Ficam com sua vida espiritual estacionada, pegando poeira, ficando enferrujados. Aí quando aparece uma oportunidade de evangelizar, de demonstrar amor ou até mesmo de fazer uma oração, eles ficam sem saber o que fazer, muitas vezes por que não sabem como fazer. O pior é que tudo isso deveria ser normal na vida de qualquer cristão.

Eclesiastes 11:4 diz o seguinte:

- Quem observa o vento não plantará; e quem olha para as nuvens não colherá.

Mas o problema pode ser maior se analisarmos que muitos não estão apenas observando o vento ou olhando para as nuvens. Mas ficam atrapalhando tudo. Criticam tudo o que é feito, empurram ao invés de estender as mãos quando vê uma pessoa passando por problemas na vida. Que tipo de "cristão" você é?

Tem um ditado que diz que "se você não quer ajudar, então não atrapalhe˜. Mas na verdade, esse "não querer ajudar" não deveria existir entre nós. Eu posso não me identificar com um tipo trabalho ou não poder ajudar diretamente, o que é mais do que normal, mas eu posso orar por isso, não é mesmo? Assim já estaria ajudando de uma forma muito útil. Seria tão bom se isso fosse uma realidade…

Saia do lugar! Mova-se! Acredite: ficar parado é gera um prejuízo muito maior do que se você estivesse andando! Não seja um carro quebrado no estacionamento.

Abraços!

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Eles não ficaram parados

Dois grandes amigos meus se casaram esse ano e, sinceramente… tava tudo muito lindo! Muito mesmo! Foi um casamento que vai ficar marcado. A decoração da igreja, a cerimônia, a festa. Tudo muito legal!

Mas também vale lembrar que os dois ficaram planejando esse casamento há tempos! Já tava marcado com bastante tempo atrás. E eles não ficaram parados perdendo tempo. Eles sabiam que, para estarem curtindo a vida marido e mulher hoje, não bastava saber que chegaria o dia e a hora que eles planejaram para o casamento, era preciso fazer muita coisa para tudo estar perfeito no grande dia deles.

Fazendo uma reflexão desse casamento com a volta de Cristo, posso colocá-los juntos do grupo das noivas prudentes que está escrito em Mateus 5. Estive até conversando sobre isso com algumas pessoas hoje. Tenho visto muita gente falando da volta de Cristo, super empolgados com o grande dia, chegam a sonhar em como será, choram quando alguém toca no assunto. Mas param por aí! Não movem uma palha!

Ou melhor, "movem" sim. Vão pra igreja todo domingo. Pensam que dessa forma estão colocando óleo dentro das vasilhas. Não estão muito preocupados em se afastarem da aparência do mal, pedir perdão pelos seus pecados, nem mesmo em amar ao próximo.

O próprio capítulo 25 de Mateus diz o seguinte:

- E colocará as ovelhas à sua direita e os bodes à sua esquerda.
"Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que lhes foi preparado desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’.
"Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’
"O Rei responderá: ‘Digo-lhes a verdade: o que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’.
"Então ele dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Malditos, apartem-se de mim para o fogo eterno, preparado para o diabo e os seus anjos. Pois eu tive fome, e vocês não me deram de comer; tive sede, e nada me deram para beber; fui estrangeiro, e vocês não me acolheram; necessitei de roupas, e vocês não me vestiram; estive enfermo e preso, e vocês não me visitaram’.
"Eles também responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome ou com sede ou estrangeiro ou necessitado de roupas ou enfermo ou preso, e não te ajudamos? ’
"Ele responderá: ‘Digo-lhes a verdade: o que vocês deixaram de fazer a alguns destes mais pequeninos, também a mim deixaram de fazê-lo’.

De que adianta saber que Cristo vai voltar, ficar falando de como será lindo esse dia e ficar parado sem fazer nada?

Só pra avisar aos desavisados, as noivas imprudentes disseram:

- Senhor! Senhor! Abra a porta para nós! ’
"Mas ele respondeu: ‘A verdade é que não as conheço! ’

Olhe pra sua conduta e vida cristã e responda pra você mesmo: o que você acha que Cristo dirá pra você quando Ele voltar?

Não fique parado apenas esperando o dia do casamento!

Abraços!

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Não tire o corpo fora!

Tava lendo algumas matérias sobre alguns jogadores de futebol que se machucaram e estão em tratamento para voltar a jogar. Interessante que todos eles dizem a mesma coisa. Estão ansiosos para voltar a jogar uma partida oficial. Imagino que a vontade de entrar em campo deve ser grande mesmo.

Mas também tem aqueles casos "misteriosos". O cara tá sempre machucado. É uma dorzinha aqui, outra ali. Um incômodo aqui outro ali. Mas aí você abre o jornal e o cara está numa balada dançando e fazendo mil coisas. Relaxar a perna? Ahhh, pra que? São aqueles jogadores que sempre encontram uma forma pra tirar o corpo fora.

E quantos jogadores assim você conhece? Eu conheço um bocado! O cara vai pra igreja, aprende o que é pra fazer e quando chega a hora do jogo... cai fora! E se você pensa que eu to falando do campo chamado viagem missionária, está muito enganado.

Pense comigo nesse versículo aqui:

- Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; (Mateus 5:14)

Uma luz num ambiente claro não adianta de muita coisa. Certo? Mas num ambiente escuro… faz toda diferença! Numa viagem missionária encontramos lugares escuros, espiritualmente falando? Sim! Mas e quanto aquele problema que você enfrenta em casa, no trabalho, na igreja?

Eu entendo escuridão como sendo aquele lugares onde a luz de Cristo não está brilhando. Quando a gente anda em lugares onde está tudo muito harmoniosamente perfeito, não tem nem como a gente exercitar o que a gente tem aprendido na caminhada cristã. Como praticar a paciência, o domínio próprio, a bondade, por exemplo, no meio de amigos que se amam e se respeitam?

Saiba que os lugares onde você encontra as maiores turbulências são exatamente os lugares onde Deus te coloca para demonstrar, na prática, que você tem aprendido tudo direitinho! Não tire o corpo fora! Alegre-se! Você está tendo a grande oportunidade de mostrar o amor de Deus através das suas atitudes.

Finalizo deixando Tiago 1:2-6 para aqueles que tem achado muito difícil essa prova que você tem passado, quem sabe, todos os dias:

- Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma. Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida. Peça-a, porém, com fé, sem duvidar, pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento.

Vai continuar sendo difícil, mas se você pedir com fé pra Deus te dar sabedoria nessas situações, tudo ficará melhor. Pode ter certeza! Esteja ansioso para entrar em campo!

Abraços!

quinta-feira, 14 de abril de 2011

A tragédia do Rio poderia ser evitada

Antes de mais nada, quero dizer que não vou defender aquele cara que assassinou as crianças na escola. Mas também não vou criticá-lo. Vou apenas tentar dar uma outra conotação para a tragédia.

Estive lendo algumas coisas sobre o que aconteceu naquela escola em Realengo no Rio de Janeiro e ontem me deparei com umas matérias que me chamaram a atenção. Era uma entrevista com o irmão do cara que assassinou as crianças. Ele falou sobre a família e sobre muitas outras coisas. E disse também que a mãe era muito religiosa.

Fiquei viajando em várias coisas em relação a esse fato de a mãe adotiva dele ser religiosa. Ele não disse se ela era evangélica, católica ou de qualquer outra, mas creio que o assassino também chegou a participar da mesma religião dela. Também teve a oportunidade de ter a mesma conduta que era uma característica da mãe. Mas que, por uma razão ou outra, saiu dessa tal religião.

Não sei se foi o caso dele, mas sei de muitos que deixaram de ir pras igrejas que freqüentavam por causa do mal testemunhos que muitos davam dentro da própria igreja e hoje estão perdidos na bebida, drogas e outras coisas. Sei que alguns vão dizer que "se a pessoa sai da igreja por causa disso, é porque, na verdade, ela nunca foi cristã" e outros vão dizer que "essas pessoas tem que aprender que não devemos olhar para os homens e sim para Deus". Sem falar nos que vão dizer que "essa é a separação natural do joio e do trigo". São respostas automáticas muito bonitinhas. Mas a Bíblia me diz em Lucas 17:1:

- Disse Jesus a seus discípulos: É impossível que não venham tropeços, mas ai daquele por quem vierem!

Uma coisa sempre me chama a atenção nesse versículo: "ai daquele"! Você consegue imaginar o que isso quer dizer? Eu não! Prefiro nem pensar na dimensão que isso pode ter!

Quantas pessoas vivem uma vida voltadas somente para si. Não se importam com os que estão do seu lado, com a sua conduta, em dar frutos que geram vida. As pessoas que convivem com você ou aquelas que simplesmente passam pela sua vida sem um contato mais íntimo, são atraídas ou ficam mais distantes de Deus quando observam a sua forma de viver? Você tem sido pedra de tropeço em alguma área da sua vida, seja no trabalho, no trânsito, na escola/faculdade ou na sua própria casa?

A tragédia do Rio poderia ser evitada se esse cara encontrasse pessoas que o trouxesse para mais próximo de Deus e não o contrário. Mas eu te pergunto: quantos "Wellingtons" passam por você todos os dias e você não percebe e nem dá a eles uma oportunidade de ver a luz de Cristo? Pior ainda: será que as suas atitudes faz alguém tropeçar e não conseguir mais levantar?

Pense bem sobre isso!

Abraços!

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Estão incomodando!

Esse ano, fui com um grupo de jovens apresentar algumas pequenas peças teatrais cristãs na praia de Vilas do Atlântico. A gente andou por toda areia da praia e quando a gente encontrava um pequeno grupo, a gente parava e perguntava se podíamos apresentar a peça ali pra eles. Fizemos isso pela praia inteira e apresentamos várias vezes. Foi muito legal!

Mas teve um pequeno grupo que, quando perguntamos se a gente podia apresentar a peça, uma das mulheres disse que não tinha problema. Começamos a apresentar e, durante a apresentação, um homem chegou com cara de poucos amigos. Não demorou muito para ele gritar conosco:

- Vocês poderiam apresentar isso mais pra lá? Estão incomodando!

Apesar daquela mulher ter autorizado, não criamos resistência. Simplesmente, paramos a apresentação no meio, chegamos um pouco para o lado e continuamos a apresentar para as outras pessoas que estavam interessadas em ver a peça.

Quando a Bíblia fala de Zaqueu, um cobrador de impostos, vimos a prontidão dele de descer da árvore e receber Jesus na sua casa. Provavelmente, pela sua posição social, Zaqueu era uma pessoa orgulhosa, parecida com aquele cara que encontramos na praia. Mas ele teve uma reação bem diferente.

- Então ele (Zaqueu) desceu rapidamente e o recebeu com alegria. (Lucas 19:6)

Muitas vezes a gente passa por problemas em nossa vida onde o que mais queremos é ficar isolados no nosso cantinho, sem ser incomodado. Nos fechamos e, muitas vezes, quando alguém aparece para nos ajudar, simplesmente ignoramos a ajuda pelo fato de a pessoa não fazer parte do nosso grupo seleto de melhores amigos.

Se fechar no nosso mundinho pode ser um "mecanismo de defesa", mas pode também causar um enclausuramento excessivo. Tome cuidado! Peça ajuda! Permita que Cristo entre na sua casa para ter um momento maravilhoso contigo! Ouça o que Ele tem pra falar, aceite isso como sendo bom pra você, mesmo sendo através de pessoas que você não está acostumado a ouvir ou mesmo não sendo aquilo que você não gostaria de ouvir. Seja humilde como Zaqueu!

Abraços!

terça-feira, 12 de abril de 2011

É de dar nojo tanta infidelidade

Uma característica que, infelizmente, é normal no meio artístico é a instabilidade nos casamentos. E isso é reflexo das novelas e seriados que eles mesmo representam. O que temos vistos na realidade é o que passa na tv.

Existem artistas que já foram casados mais de 5 vezes, outros que tem tantos filhos de um casamento, tantos de outro. É um tal de pede em casamento hoje e, alguns meses depois, pede o divórcio. Hoje está casado com tal pessoa, amanhã está namorando com outra pessoa e já tem data marcada do casamento. Fica um vai e vem gigante. Isso é um absurdo!

Mas, no meio dessa confusão toda tem um casal que já estão juntos um tempão e eu fico feliz e, até mesmo, impressionado. Um bom exemplo no meio de vários exemplos que não é bom nem comentar. A infidelidade é geral! Me diz aí, não é de dar nojo tanta infidelidade que vimos nessa imagem de sociedade pintam pra gente?

A Bíblia nos coloca em relação a Jesus como sendo Sua noiva. Faz esse comparativo porque o casamento, a família deveria ser uma união duradoura. Mas não tem sido. Nem mesmo em relação ao nosso relacionamento com Cristo.

Quantas atitudes de infidelidade praticamos todos os dias. Falamos tanto da infidelidade dos artistas, mas não damos nenhum exemplo quando o assunto é nossa fidelidade com aquele que deu a sua própria vida por nós.

Você acha que é fiel, mesmo quando cobiça coisas que você sabe que não agradam a Deus? Seja sincero com você mesmo! Não tem pra que ficar fingindo de inocente. Você sabe muito bem onde você tem falhado. Sabe o que é pior: Jesus também sabe. Ele conhece o seu interior, conhece o seu pensamento. Não adianta tentar enganar o Noivo. Você não vai conseguir.

A aliança do noivado, Cristo nos deu com seu sangue. Mas no dia do casamento, ao invés de ganharmos uma nova aliança, ganharemos uma coroa, a coroa da vida. Porém a Bíblia faz uma ressalva:

- Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida. (Apocalipse 2:10b)

É preciso ser fiel e fiel até a morte. E qual será o dia da sua morte? Você sabe? Pode ser a qualquer momento, concorda? Então… seja fiel hoje e sempre. Vigie! Caso contrário você ficará sem a coroa da vida!

Abraços!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Tudo muito lindo, mas não serve

Uma das coisas que (infelizmente) a gente sempre encontra e deixa a gente revoltado nas viagens da SOS Global pelos lugares com catástrofes são as doações que são entregues de qualquer jeito. A gente encontra de tudo! Roupa íntima suja, roupa rasgada, calçados faltando um pé, alimentos e remédios fora do prazo de validade… é uma vergonha!

Lembro que, ano passado, lá em Alagoas, disseram pra gente que estaria chegando um caminhão com 1.000 colchões pra gente distribuir na cidade. Quando ficamos sabendo disso, a alegria era geral do povo que foi atingido pela enchente. Mas quando os colcha˜oes chegaram… ficamos revoltados automaticamente!

Era algo inadmissível. Era um colchete ridículo. Tinha uns 5 centímetros que não servia pra nada. Pra você ter uma idéia, ao invés da gente entregar 1 pra cada pessoa que estivesse precisando de um colchão, a gente tava entregando 3. Não era o ideal, mas diminuía um pouco o problema. Mas quando chegou um caminhão com colchão de verdade, nós fizemos um levantamento das pessoas que tinham recebido aquele colchenete e trocamos por esse melhor.

O pior é que todas essas doações ridículas saem nos relatórios de forma linda. "Empresa "X" doa 1.000 colchões pras vítimas", "3 toneladas de roupas doadas", Laboratório "Y" doa 100.000 remédios! Tudo muito lindo, mas não serve pra nada!

Muitas pessoas vivem um evangelho igualzinho. Não se lembram quando foi a última vez que faltaram a um culto de domingo, participam de várias coisas na igreja, viagens missionárias… fazem as coisas pra constar no relatório, puro ativismo. Estão enganando-se a si mesmos! É tudo muito lindo, mas não serve pra nada!

Isaías 29: 13 diz o seguinte:

- Esse povo se aproxima de mim com a boca e me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. A adoração que me prestam só é feita de regras ensinadas por homens.

E em Marcos 8:36 complementa dizendo:

- Que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?

Deus não perde tempo conferindo os relatórios das igrejas. Ele vê o mais profundo do coração dos seus filhos! Individualmente!

Não perca o foco! Não fique perdido no meio do caminho. O foco é e sempre será Cristo, o Messias! Ter o nome no relatório não garante nada!

Abraços!